Genocídio ArmênioTudo

Grupo turco hackeia site da escola armênia de Buenos Aires

Na manhã desta sexta-feira, 28, o grupo que se auto intitula “Turk Hack Team” hackeou o site do Instituto Educativo San Gregorio El Iluminador da cidade de Buenos Aires (Argentina). O que mais choca e beira ao absurdo é o fato de hackearem a página de uma escola.

O grupo que realizou o ataque contra a página armênia é conhecido por hackear diversas páginas armênias da internet ao redor do mundo. Entretanto, os ataques nunca haviam sido feitos em sites armênios sul americanos. 

A página do instituto de educação (www.sangregorio.edu.ar) está com uma imagem de uma mesquita (fé muçulmana), além da meia lua e a estrela em um céu vermelho que remete a bandeira da Turquia. A capa estática do site ainda traz uma música turca no pano de fundo (foto abaixo). 


Engraçado como a Turquia e os turcos insistem em negar o genocídio do povo armênio, a tentativa de extermínio de um povo inteiro em sua terra natal, num crime contra a humanidade planejado e executados pelo governo dos Jovens Turcos em 1915 e que acarretou na morte de 1,5 milhão de armênios, além de centenas de milhares deportados que deixaram suas terras milenares armênias, hoje parte da República da Turquia.

– Se realmente o Genocídio Armênio é uma farsa, como grande parte dos turcos propaga, então por que despendem tempo e dinheiro com o lobby turco contra o reconhecimento do Genocídio Armênio à nível global?

– Por que fazem campanha para derrubar as avaliações no site IMDb de um filme armênio (The Promise) que ainda nem estreou nos cinemas do mundo?

– Por que a cada país que reconhece o Genocídio Armênio a Turquia corta suas relações, estremece e chama de volta seu embaixador?

Por que mataram Hrant Dink,  jornalista de origem armênia nascido na Turquia e que buscava a reconciliação entre os povos armênio e turco falando aberta e francamente sobre o genocídio?

– Por que o artigo 301 do código penal turco processa as pessoas que falam sobre a questão do Genocídio Armênio na Turquia, sob o pretexto de “ofensa à identidade turca”?


Creio que todas essas atitudes oriundas dos turcos sejam a maior prova de que o Genocídio Armênio aconteceu e foi um plano arquitetado e colocado em prática à partir de 1915, e que grande parte dos turcos, incluindo seu governo fascista (Erdogan), tenta esconder esse fato histórico.

Existe muita gente dentro da Turquia que se solidariza com a dor do povo armênio, massacrado, expulso de suas terras milenares. Penso que o caminho para que o agente (Turquia) perpetrador reconheça seu crime passa, não só pelos armênios da Turquia como também pela população turca, esta que tem o dever moral de reconhecer o que foi feito aos armênios há 102 anos.

 

Sobre o autor

Artigos

Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.
Matérias Relacionadas
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais
Genocídio Armênio

Mississippi reconhece o Genocídio Armênio

Fontes : ArmRadio O Mississippi tornou-se o 50º estado dos EUA a…
Leia mais
Genocídio Armênio

Novo seriado da Disney cita Genocídio Armênio

O novo seriado da Disney+ Cavaleiro da Lua (Moon Knight) citou em uma cena de seu primeiro episódio…
Leia mais

Deixe um comentário