Da RedaçãoGenocídio ArmênioTudo

Estado do Paraná reconhece o Genocídio Armênio

A caminhada para o reconhecimento do Genocídio Armênio no Brasil tem mais uma vitória.

A Assembléia Legislativa do estado do Paraná, um dos mais dos ricos do país, aprovou um projeto de lei reconhecendo Genocídio Armênio durante o Império Otomano.

O projeto de lei de autoria do deputado estadual Ney Leprevost foi assinado pelo governador Beto Richa (que é filho de José Richa, ex-governador de ascendência libanesa), e entrou em vigor em 28 de fevereiro deste ano.

(Clique aqui para ver a lei.)

Junto com outros estados da federação que já aprovaram leis semelhantes, o Paraná se coloca na vanguarda da defesa dos Direitos Humanos e da Justiça Internacional.

O deputado Ney Leprevost tem 39 anos de idade e é jornalista e deputado estadual. Em 1996 foi eleito para seu 1º mandato na Câmara Municipal de Curitiba, sendo nesta época o vereador mais jovem eleito na cidade.

No corpo da lei que justifica o projeto, o deputado faz a seguinte menção: “O reconhecimento do Genocídio Armênio por parte da Assembléia Legislativa do Paraná aliviaria o sofrimento de milhões de armênios espalhados por todo o mundo e permitiria a Turquia ter mais consciência de seu passado.

*** Com colaboração de Luís Carvalho e Sarkis Ampar Sarkissian.

Matérias Relacionadas
Genocídio Armênio

Mississippi reconhece o Genocídio Armênio

Fontes : ArmRadio O Mississippi tornou-se o 50º estado dos EUA a…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais
Genocídio Armênio

OAB-SP reconhece o Genocídio Armênio

Na última segunda, dia 19 de julho, o conselho da Ordem dos Advogados do…
Leia mais

Deixe um comentário