Home Esportes Armênia não se classifica para a Euro 2012 e arbitragem levanta suspeita de favorecimento à Irlanda
2

Armênia não se classifica para a Euro 2012 e arbitragem levanta suspeita de favorecimento à Irlanda

2

Como escrevi na matéria de chamada da partida, o dia 11 de outubro era para entrar na história do futebol armênio, mas de uma maneira positiva e histórica.

Após uma ótima e inédita campanha, os olhos dos armênios do mundo todo estavam voltados para a  cidade de Dublin. Mas o que os armênios viram foi o sonho de chegar à Euro 2012 se esvair na derrota por 2 a 1 para a Irlanda. 

A expectativa para a partida era a melhor possível. O jogo começou e essa expectativa se materializava, pois a seleção correspondia em campo. A Armênia iniciou a partida dominando a posse de bola.

A torcida via um time maduro jogando fora de casa diante de um estádio lotado pelos  torcedores adversários. Porém, algo que não estava no “script” aconteceu aos 30 minutos do primeiro tempo. Em uma das pouquíssimas ameaças da Irlanda na primeira etapa, o goleiro armênio Roman Berezovski saiu para defender um avanço cara a cara entrada da grande área. O atacante irlandês tentou tocar por cima, mas a bola não subiu muito e o goleiro armênio escorou a bola com o peito.

Estranhamente o juiz Eduardo Iturralde González apitou. Nenhum atleta armênio acreditou ao ver o árbitro marcar a falta,  e sacar do bolso o cartão vermelho e expulsar Berezovsky de maneira equivocada. Parecia um pesadelo.

O árbitro interpretou (repito, estranhamente) o lance e afirmou que o Berezovsky defendeu a bola com as mãos fora da área (as imagens mostram claramente que o goleiro defendeu com o peito, e Iturralde está de frente ao lance, porém um tanto distante).

[Assista ao lance no vídeo abaixo]:

A expulsão levantou imediatamente a suspeita de favorecimento do árbitro em prol da Irlanda. Uma espécie de compensação à Irlanda, quando sofreu uma injustiça, em jogo disputado em 2009 contra a França em Paris. Na ocasião o atacante francês Thierry Henry (como ele próprio admitiu mais tarde) tocou a bola com a mão esquerda intencionalmente para seu companheiro  de seleção William Gallas marcar o gol decisivo que levou à seleção francesa à Copa do Mundo da Africa do Sul e eliminou a Irlanda (leia aqui a matéria).

Mesmo com 10 jogadores em campo, a seleção da Armênia continuou dominando a partida sem se desesperar. Aos 43 Minutos do a Irlanda teve chance em cruzamento para a área, o atacante irlandês não alcançou, mas o zagueiro Aleksanyan da armênia tocou pra dentro de sua própria meta. 1 a 0 Irlanda e fim de primeiro tempo.

No segundo tempo a Armênia voltou com mais cautela, porém com mais posse de bola. No entanto, isso não era suficiente e Dunne, aos 59 minutos, fez o segundo gol da Irlanda. O técnico da Armênia então foi forçado a alterar o time colocando Sarkisov no lugar de Ghazaryan, e Manucharyan no lugar de Marcos Pizzelli.

Após as substituições, aos 62 minutos a Armênia encaixou rápido contra ataque e diminuiu o placar com Mkhitaryan, em lance bem trabalhado pelo ataque armênio. À a partir daí o que se viu foi uma incrível superioridade da Armênia, tendo praticamente maior domínio do jogo, no entanto falhando nas finalizações.

Aos 80 minutos o jogador Doyle da Irlanda levou o 2° cartão amarelo e também foi expulso, algo que despertou ainda mais a seleção da Armênia, que perdeu 3 chances muito claras de gol na sequência. Apesar de dominar a partida desde o começo e terminar com 71% de posse de bola a Armênia sucumbiu e saiu de campo derrotada,  sem conseguir a tão sonhada vaga para a UEFA 2012, que será realizada em conjunto pela Polônia e Ucrânia. 

O que vale é analisar o crescimento do futebol armênio:  Nunca a Armênia fez uma campanha tão boa nas eliminatória para o torneio europeu. A seleção que antes da competição era a 100ª  no ranking mundial da FIFA, fecha a temporada em 44°, algo inédito para a seleção. O técnico Minasyan começou um trabalho convocando 10 jogadores da base, jogadores com talento e que ajudaram a conquistar a 3ª posição das classificatórias.

No futebol armênio atualmente muitos jogadores estão procurando transferências para times russos, ucranianos, e dinamarqueses sendo o maior destaque o caso de Henrik Mkhtaryan que foi para o Shakhtar Donetsk e é titular do time, além da naturalização do Yura Movsisyan que nasceu em Baku (Azerbaijão) e se naturalizou armênio para defender a pátria.

Outro naturalizado que não jogou essa eliminatória por contusão é o jogador mais talentoso da base do Ajax da Holanda, Araz Ozbiliz que recebeu a cidadania armênia em 4 de outubro de 2011 (leia matéria)

Há também o atacante Joaquin Boghossian que é uruguaio, jogou pela seleção uruguaia sub 21 jogou nos EUA, e agora está no Nacional do Uruguai. Os armênios do mundo inteiro pedem a sua naturalização e continuam lutando para que ele jogue na Armênia, o que tornaria muito interessante esta opção de naturalização de jogadores de descendência armênia. Outro jogador que já se naturalizou e começou a jogar é o Arthur Sarkisov que nasceu na Chechenia e naturalizou-se em 10 de agosto de 2011.

Agora a Armênia irá disputar as Eliminatórias para tentar obter uma vaga para a Copa Do Mundo do Brasil em 2014 e, segundo especialistas, esta no considerado grupo da morte, composto por Itália, Dinamarca, Bulgária, República Tcheca, e Malta.

Será que a Seleção Armênia consegue uma vaga para a Copa no Brasil em 2014?