Home Cultura A Armênia guarda a lança que feriu Jesus Cristo durante a crucificação
0

A Armênia guarda a lança que feriu Jesus Cristo durante a crucificação

0
0

 

Nesta época de Páscoa é muito comum o assinante de TV a cabo se deparar com documentários sobre os últimos dias de Jesus Cristo em vida.

A ponta da lançaAlguns documentários mostram a história da crucificação (Via Crucis) e mencionam o episódio em que Jesus Cristo, já crucificado, acaba sendo ferido em suas costelas por um soldado romano com uma lança.

A Armênia, detentora da relíquia, afirma que a ponta desta lança está guardada em uma caixa na Catedral de Etchmiadzin, uma das mais antigas igrejas do mundo localizada próxima a Yerevan, capital da Armênia. A lança teria sido levada ao país pelo apóstolo Judas Tadeu alguns anos após da crucificação de Jesus. 

A lança veio ao Brasil, em 2004, e ficou exposta na mostra “Tesouros de Etchmiadzin”, exibida  na Pinacoteca do Estado de São Paulo. A exposição celebrou, na ocasião, os 1700 anos de cristianismo na Armênia.

 

Abaixo, assista ao documentário da National Geographic ” A lança que feriu Cristo”.

Veja também o documentário intitulado”Legend of the Holy Spear“, clique aqui:

O Monastério

geghard, Armen, Brasil, Lança, Cristo
Ponte que liga a caverna à igreja (2011)

Anteriormente a lança ficava guardada no monastério de Gueghardavank (gueghard, lança – vank,  monastério), na província armênia de Kotayk, uma construção única que está incrustada na montanha, rodeada por rochedos. Em 2011 tive a oportunidade de conhecer o monastério que é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Segundo a história, o monastério foi fundado no século IV por Gregório, o Iluminador, numa caverna de onde aflora uma nascente subterrânea considerada sagrada desde antes do aparecimento cristianismo, e levava o nome de Ayrivank (o Mosteiro da Caverna).

A primeira construção do monastério foi totalmente destruída por árabes no século IX, além de sofrer muitos estragos causados por terremotos. Hoje, o Monastério de Gueghard é um dos locais mais visitados por turistas que vão à Armênia.

Cristianismo na Armênia

 

Vale lembrar também que a Armênia foi a primeira nação a aceitar o Cristianismo, em 301, portanto, 12 anos antes de ser legalizado no Império Romano, pelo Édito de Milão de 313.

Em setembro de 2001 o Papa João Paulo II visitou à Armênia para homenagear a Igreja Apostólica Armênia por seus 1700 anos de cristianismo. Foi a primeira vez que um papa da Igreja Católica Apostólica Romana visitou a Armênia.

Em 2008 foi lançado um catálogo sobre a exposição. A igreja armênia é liderada por um Katoghigoss e não é subordinada ao Vaticano. O Patriarca de todos os armênios atualmente é a Sua Santidade Karekin II, que esteve no Brasil em maio de 2011 (clique aqui e leia matéria publicada por ocasião da visita).

Veja mais imagens.

 

 

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do site Estação Armênia. Nascido na capital paulista, é formado em Jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela escola da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *