Da RedaçãoTudo

Armênia está entre países com maior população de mulheres

A Armênia está entre os países com as maiores populações femininas, segundo o The Washington Post apresentou em novos dados de pesquisa.

Segundo o jornal, em geral, há um pouco mais de homens que mulheres no mundo. De acordo com estimativas das Nações Unidas para 2015, há 101,8 homens para cada 100 mulheres. O número de homens aumenta gradualmente a cada ano desde 1960

Mas o mapa do Pew Research Center com base nos últimos dados da ONU ilustra claramente que homens e mulheres são distribuídos desigualmente ao redor do globo. Nos países da antiga União Soviética, por exemplo, as mulheres superam os homens. Por outro lado, há mais homens do que mulheres na Ásia, países árabes e do norte de África.

Letónia, Lituânia, Armênia, Bielorrússia, Rússia, Ucrânia e Estônia estão entre os países com as maiores populações do sexo feminino. Além disso, os mesmos países também lideram as estatísticas mundiais na diferença de expectativa de vida entre homens e mulheres.

As diferenças nacionais entre as populações masculina e feminina mudam com a idade. Na Rússia, por exemplo, a proporção de sexo é claramente dividido por faixas etárias. Lá recém-nascidos meninos superam as meninas a cada ano. Os homens continuam a superar as mulheres até a idade de 31 anos. A partir de 32 anos de idade, há mais mulheres do que homens, com a diferença crescente a cada ano.

Número de homens a cada 100 mulheres na região da ex-União Soviética

Número de homens a cada 100 mulheres na região da ex-União Soviética

Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Esportes

Seleção Armênia estreia com vitória na Liga das Nações B

Armênia luta por uma vaga na primeira divisão europeia. No último sábado, 04 de junho, a…
Leia mais

Deixe um comentário