Da RedaçãoTudo

Cidade na Califórnia forma a primeira turma de policiais comunitários armênios

Por Alene Tchekmedyian,via The Burbank Leader – 

(Cheryl A. Guerrero/Staff photographer / February 27, 2013)

Varduhi Ghukasyan é cumprimentada pelo chefe de polícia durante sua formatura. (Cheryl A. Guerrero/Staff photographer / February 27, 2013)

Depois de assistir uma apresentação da polícia de Burbank (cidade da Califórnia, próxima a Los Angeles) – que incluía demonstrações de armas especiais, do esquadrão tático e palestras sobre gangues, investigação forense e força – aconteceu a formatura dos primeiros membros da polícia comunitária que são deficientes auditivos e pertencentes à coletividade armênia local.

“Vocês provavelmente sabem muito mais agora sobre o departamento de polícia do que quando nós começamos”, afirmou o oficial Joshua Kendrick na quarta-feira, para mais de 30 habitantes de Burbank que concluíram o curso de sete semanas.

Veja fotos clicando aqui.

Tigran Khachikyan, que se formou pela turma de deficientes auditivos, disse que antes de ingressar no curso, ele tinha problemas com a polícia e relutava para entender suas operações.

“Eu pensava que eles não me valorizavam como cidadão”, disse ele, em linguagem de sinais. “[Agora], eu me sinto que realmente entendo o trabalho deles e como trabalham duro por nós”.

A academia ajuda a fortalecer a parceria entre o departamento da comunidade, especialmente com a demografia da cidade mudando continuamente, de acordo com o chefe interino de polícia Scott LaChasse, que dirigiu de Palm Springs só para estar na formatura.

“Tem pessoas que tem negado ter contato conosco”, disse LaChasse. “O que precisamos é consertar esses relacionamentos – esse é um dos passos nesse sentido”.

O formando Joseph Hovanessian disse que suas partes favoritas no curso foram aprender sobre o sistema penal, procedimentos de patrulha e a direção de casos de detetive.

Já graduado, Hovanessian está agora apto a se voluntariar para o departamento.

No futuro, ele diz que gostaria que mais moradores da comunidade armênia, especialmente jovens, se matriculassem no curso.

Nesta primavera, a academia estará preparada para falantes de inglês e espanhol, e as classes especiais para armênios e deficientes auditivos retornarão no outono.

Os formandos também destacaram o humor que os oficiais levaram para cada classe.

De saída, um dos graduados disse a Kendrick que desejava vê-lo em breve. Ele hesitou por um momento e abriu um sorriso, dizendo “Não…”

“Não no mau caminho”, Kendrick disse, e então ambos começaram a gargalhar.

Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais

Deixe um comentário