Da RedaçãoGenocídio ArmênioTudo

Petição no site da Casa Branca pede que os EUA reconheçam o genocídio

US-WhiteHouse-LogoUma petição criada em 10 de fevereiro deste ano no site da Casa Branca, sede da presidência dos EUA, pede o reconhecimento oficial do genocídio armênio pelo governo daquele país. A meta dos organizadores é conseguir 100 mil assinaturas até março deste ano, um mês antes das rememorações de 24 de abril. Para assinar a petição, é necessário um cadastro rápido no website.

 Segue abaixo o texto da petição:

Nós pedimos à administração Obama o “Reconhecimento oficial e legal do genocídio armênio por Washington“.

 O dia 24 de abril de 2013 marcará o 98º aniversário do genocídio armênio cometido no Império Otomano em 1915. Até hoje, Washington não reconheceu o genocídio dos armênios oficialmente. Apesar do presidente norte-americano Barack Obama ter condenado enfaticamente o genocídio e prometido reconhecê-lo,ele não manteve sua palavra.

Daqui a dois anos nós rememoraremos o centenário do ocorrido.

Eu considero apropriado que quando essa data chegar Washington tenha reconhecido legalmente o genocídio armênio.

O primeiro país a reconhecer o fato foi o Uruguai em 1965, seguido por Rússia, França, Itália, Alemanha, Holanda, Bélgica, Polônia, Lituânia, Eslováquia, Suécia, Suíça, Grécia, Chipre, Líbano, Canadá, Venezuela, Argentina, Vaticano, Parlamento Europeu, Conselho Mundial das Igrejas e 42 dos 50 estados dos EUA.

Para assinar a petição, clique aqui

Matérias Relacionadas
Da Redação

Presidente armênio Armen Sarkissian renuncia por falta de influência

Fontes : Daily Sabah, ArmenPress, PanArmenian, President.am O presidente…
Leia mais
Da RedaçãoTudo

Hrant Dink: Há 15 anos, jornalista armênio era assassinado na Turquia

No dia 19 de janeiro de 2007, em Istambul, na Turquia, o jornalista turco de origem armênia Hrant…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais

Deixe um comentário