Home Campanhas Campanha da HOM: Fundo de Auxílio aos Armênios da Síria

Campanha da HOM: Fundo de Auxílio aos Armênios da Síria

0

Texto de Catherine Chahinian – Há mais de 17 meses os armênios da Síria sofrem com a situação do país que já vive uma guerra civil. O conflito é tão complexo e profundo que ninguém se arrisca a prever o resultado da catástrofe. É um pesadelo que atinge os armênios e a nossa Diáspora Mãe, a mais antiga, a que deu origem a muitas outras.

A Síria, ao lado do Líbano e do Irã, foi e é uma das fortalezas da vida armênia na Diáspora, o celeiro que por muito tempo alimentou e deu suporte ao renascimento da vida cultural e educacional armênia fora da Mãe Pátria, após o Genocídio. Foi o primeiro e o mais importante porto seguro para os sobreviventes dos massacres, o país que acolheu os nossos avôs, que ali encontraram paz e condições para se reerguer e florescer novamente. E é a diáspora mais próxima das nossas terras históricas.

E é essa Síria, a mais pacífica das nossas comunidades, a mais decisiva para a realidade pós genocídio, que está em transe hoje. .. a Síria de Der el Zor…

É uma guerra complicada que acompanhamos, impotentes. Por trás das cortinas, das análises, são as grandes potencias os protagonistas dessa escalada de violência sem fim. Uma guerra por procuração. A solução e a paz dependem de alguns poucos paises, já acostumados com sangue em terras alheias, e parece não existir sofrimento humano que os faça desistir de lutar pelos seus objetivos; Infelizmente não existe esperança imediata para a paz.

Os armênios da Síria vivem basicamente em quatro cidades, Alepo, Qamishli, Kessab (próximas à fronteira com a Turquia e nossas terras ancestrais…) e a capital Damasco. É uma comunidade que chega a 50.000. A hora é critica decisiva. A destruição está cada vez mais próxima das áreas habitadas pelos armênios, seus bairros, escolas e igrejas.

Não é um exagero dizer que após o Genocídio, o Terremoto, e a Guerra de Libertação de Artsakh, essa é a hora mais crítica, a prova mais cruel para os armênios. A situação se deteriora a cada dia e se alternam as prioridades para salvar a população atingida. O que parecia uma necessidade material urgente, os recursos para a volta às aulas dos alunos das mais de 20 escolas armênias do país, agora em setembro, podem ser os meios materiais para conseguir alimentos, remédios ou até para assegurar passagens aéreas àqueles que à custa de enormes riscos tentam sair do país.

Nós no Brasil temos a oportunidade de nos engajar numa campanha de socorro urgente aos nossos irmãos na Síria… Temos como fazer chegar auxílio material de forma rápida aos nossos compatriotas, por intermédio da H.O.M. Brasil (Sociedade Beneficente de Damas Brasil-Armênia) que está em contato permanente com a H.O.M. Mundial. A nossa contribuição poderá chegar a Síria e Alepo de uma forma quase direta, através da Sede Mundial dessa entidade centenária.

Essa é uma campanha rápida e espontânea, aproveitando uma prestigiosa organização armênia, a H.O.M. Serão praticamente doze dias, até quarta-feira – 12 de setembro. Vamos nos mobilizar. A missão do Fundo de Auxilio aos Armênios da Síria é prover assistência imediata aos armênios do país, através das doações de indivíduos da nossa comunidade, grupos, entidades de São Paulo e de outras cidades do Brasil.

Infelizmente é a única maneira de podermos ajudar no momento.

As gerações anteriores fizeram o impossível para que pudéssemos continuar e resistir como uma nação digna e soberana, mantendo a nossa identidade. Vamos fazer a nossa parte… O pouco que podemos, com urgência… Vamos tentar diminuir o sofrimento dos altivos e dinâmicos armênios da Síria… Vamos enfrentar mais esse desafio inesperado que nos foi colocado… Praticamente no Centenário do Genocídio.

Há trabalho para todos. Vamos divulgar e compartilhar a Campanha através de nossas páginas nas redes e contribuir com qualquer valor nesse trabalho de arrecadação de fundos… E também vamos divulgar pelos meios tradicionais: tel, e-mail, contato com amigos e familiares.

Será uma divulgação rápida para resultados imediatos, sem tempo a perder. E, a julgar pela quantidade da bela Tricolor Armênia estampada nos perfis dos nossos compatriotas nas redes sociais, não será difícil propagar e participar dessa CAMPANHA RELÂMPAGO. Qualquer importância (até mesmo um valor próximo à despesa de um almoço trivial de um dia…) fará diferença para assegurar passagem, anuidade, remédios. O importante é conseguir o maior número de participantes nesses poucos 10 dias…. Vamos demonstrar o nosso amor. A hora é essa!

Obs: Este auxílio deverá ser efetuado através de depósitos na conta da
H.O.M. – Associação Beneficente de Damas Brasil-Armênia

BANCO ITAÚ
-Ag: 0428
-C/C: 21177-5 -ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE DAMAS BRASIL-ARMÊNIA
-Tel: 3229-6134 – sede da H.O.M. (para informações, aviso de depósito)
-E-mail para copiar aviso de depósito: hom.armenia@superig.com.br

Obrigada,
São Paulo, 30 de agosto de 2012

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *