Home Carnaval Veja o enredo da Rosas para o Carnaval 2019: Viva Hayastan

Veja o enredo da Rosas para o Carnaval 2019: Viva Hayastan

0

A Sociedade Rosas de Ouro divulgou por meio de seu Facebook neste dia 05 de Julho o Enredo da escola para o Carnaval de São Paulo 2019.

O Enredo é a referência em que serão criados o samba da escola, fantasias e alas.

É costume do carnavalesco André Machado apresentar seus enredos de forma poética, e é notável no enredo passagens de vários elementos da cultura armênia, que passam por culinária, religião, história antiga e até a estação do metrô.

Veja abaixo:

Sinopse: VIVA HAYASTAN!

Presidente: Angelina Basílio
Carnavalesco: André Machado

Enredo: Viva Hayastan!

Como o som que emana de um “Duduk”
Quis o destino me espalhar pelo mundo
E o amor me unir pelo sangue
Não é preciso amanhecer em ti
Para teu sol iluminar meus dias
Pois sempre estás comigo
Dentro de mim
No que sou e no que sei
Herança do meu povo
Da terra de Haig
A miosótis das minhas lembranças
Orgulho, força e fé.

Não é necessário constar no livro sagrado
Para saber que tu és o paraíso
Pois é assim que a vejo
E se na minha imaginação
A concebo como o Éden,
Em minha mente fica claro
O motivo da incontrolável tentação
Diante de tamanha beleza.
Com licença poética acredito:
Deus encontrou o lugar certo
Para iniciar a sua obra!
E pelas águas de um grande dilúvio
Do mundo, até então, lavou os pecados
Escolhendo o Monte Ararat
Tua paisagem mais deslumbrante,
Como o cais da Arca mais famosa
O símbolo do recomeço,
Pois foi em tuas planícies, por Noé
Que a vida teve uma segunda chance.

Nairi, Terra abençoada,
Berço das civilizações
Glorioso Estado de Urartu,
Entre o mar Negro e o Cáspio,
Sob Tigranes “O Grande”, fartura e poder
Soberana mãe Armênia, prosperidade
Quando o mundo ainda vivia na Era pagã
Em seu coração, Cristo já existia
Aliança sagrada por São Judas Tadeu
E São Bartolomeu, fundamentada,
Sendo a primeira Nação Cristã,
Crença que manteve teu povo de pé
Guiado na fé em São Gregório, o iluminador,
Pelo amor a São Jorge da capadócia
E em Santo Expedito das causas urgentes
Criastes um exército valente
Que não fugiu das batalhas
E mesmo quando só teve migalhas
Dividiu o “Lavash” em comunhão.

E hoje, tirando a limpo tua rica história
Vejo que não foi fácil chegar até aqui
E manter acesa a chama das tuas tradições
Vários foram aqueles que tentaram te subjugar
Entretanto, tu foste maior
A diáspora não conseguiu furtar a tua essência
Tão pouco, tua identidade pura e genuína
Resguardada, principalmente
Na tua gente e no alfabeto que é só teu,
Motivos de tanto orgulho.
Viver e proliferar a tua cultura
Foi a resposta ideal aos infortúnios do passado
Um acalanto nos momentos mais difíceis
O amor que veio da dor
Sem rancor e sem ódio
Apenas o amor.

E este sentimento enraizado nos teus filhos,
Se manifestou em tudo
Na música, na dança,
Nos costumes e na arte,
Na culinária única e saborosa,
Que enfeita as mesas com muita fartura
Nas reuniões festivas em família
E em datas especiais,
Embaladas com muita alegria
Característica peculiar do teu povo
Que muito se assemelha ao jeito brasileiro
Comprovada nos armênios
Que por aqui te honram em comunidades
Costurando conquistas sob tua Bandeira
Estampando no peito, felizes, o teu Brasão
Não por acaso tu sejas homenageada
Pela Escola de Samba cuja cor rosa
Colore uma de suas cidades
Além da coincidência de dares o nome
A uma estação de metrô e uma praça
Que ficam próximas do local onde ocorriam
Os saudosos desfiles carnavalescos,
Na antiga Avenida Tiradentes.

Em 2019,
A Rosas de Ouro se veste de Armênia
E convoca teu povo para uma grande festa
Onde juntos seremos um só
Espelho da cultura que homenageia
Não querendo mais do que o destino reversar
Apenas do mesmo amor.

Então… Viva, Hayastan!
André Machado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *