Genocídio Armênio

Mississippi reconhece o Genocídio Armênio

Fontes :

O Mississippi tornou-se o 50º estado dos EUA a reconhecer o Genocídio Armênio, com a proclamação no último dia 15 de Março do governador Tate Reeve marcando abril como o Mês de Conscientização e Prevenção do Genocídio.

“A destruição sistemática de vidas abrangeu territórios e culturas da Armênia à Darfur, do Holodomor ao Holocausto”, disse o governador Reeve em um post no Twitter.

“O genocídio não tem lugar na sociedade e devemos fazer tudo o que pudermos para evitá-lo”, acrescentou.

No último 24 de Abril, data que marcou 107 anos do início Genocídio, o presidente americano Joe Biden publicou uma declaração em que, assim como no ano passado, descreve os eventos como Genocídio, palavra insistentemente evitada pelos presidentes anteriores.

Desta vez, Biden foi mais enfático com os eventos e as consequências dos atos turcos e turco otomanos utilizando da palavra Genocídio em diversos momentos da declaração.

Matérias Relacionadas
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais
Genocídio Armênio

Novo seriado da Disney cita Genocídio Armênio

O novo seriado da Disney+ Cavaleiro da Lua (Moon Knight) citou em uma cena de seu primeiro episódio…
Leia mais
Cultura

'Cantos de um Livro Sagrado' vence festival É Tudo Verdade

O documentário Cantos de um Livro Sagrado, de Cassiana Der Haroutiounian e Cesar Gananian, venceu a…
Leia mais

Deixe um comentário