Artsakh

Ministro das Relações Exteriores da Armênia denuncia Azerbaijão em Moscou

Fontes :

O novo ministro das Relações Exteriores da Armênia, Ararat Mirzoyan, acusou o Azerbaijão de não cumprir integralmente um acordo intermediado pela Rússia que interrompeu a guerra do ano passado em Nagorno-Karabakh (Artsakh) quando se reuniu com seu homólogo russo Sergei Lavrov em Moscou na terça-feira, 31 de agosto .

Mirzoyan, que anteriormente atuou como presidente do parlamento armênio, voou para a capital russa naquela que foi sua primeira visita ao exterior em seu cargo atual.

Lavrov enfatizou esse fato no início de suas conversas. “Isso mais uma vez ressalta o caráter especial de nossas relações”, disse ele.

“A Rússia é um aliado político-militar e o principal parceiro econômico da Armênia”, disse Mirzoyan . “A este respeito, gostaria de reafirmar a disposição do lado armênio de continuar a estabelecer relações com a Rússia com base no Tratado de Amizade, Cooperação e Assistência Mútua de 1997”.

Laços mais estreitos com a Rússia, disse ele, são ainda mais importantes para a Armênia depois da guerra de seis semanas com o Azerbaijão.

“A paz e a estabilidade na região fazem parte da nossa estratégia e estamos preparados para um diálogo ativo nessa direção”, prosseguiu Mirzoyan. “Mas a situação na região continua bastante tensa e isso é amplamente determinado pela política destrutiva do Azerbaijão. Quero salientar que Baku não está cumprindo suas obrigações decorrentes da declaração trilateral dos líderes da Armênia, Azerbaijão e Rússia, adotada em 9 de novembro de 2020 ”.

Mirzoyan destacou a recusa de Baku em libertar dezenas de soldados armênios e civis que permaneceram em cativeiro no Azerbaijão quase dez meses depois que Moscou ajudou a interromper as hostilidades em grande escala ao redor de Nagorno-Karabakh. Ele também apontou para as incursões transfronteiriças do Azerbaijão no “território soberano da Armênia” e a contínua retórica armenofóbica dos líderes azerbaijanos.

Em um comunicado divulgado antes das negociações, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que a situação na zona de conflito de Karabakh – e na fronteira Armênia-Azerbaijão em particular – será um tema importante das conversas de Lavrov com Mirzoyan. Ele disse que os dois ministros, bem como outros diplomatas que os acompanham, também discutirão “o processo de desbloqueio das ligações econômicas e de transporte” entre a Armênia e o Azerbaijão.

Esse processo é conduzido por um grupo de trabalho trilateral que foi criado pelos governos da Rússia, Armênia e Azerbaijão em janeiro. O grupo co-chefiado por vice-primeiros-ministros dos três estados se reuniu em Moscou em 17 de agosto pela primeira vez em mais de três meses.

Matérias Relacionadas
CulturaEventos

Lançamento do livro “A Coletividade Armênia do Brasil”

Após longos anos de espera, será realizado o lançamento do livro “A Coletividade Armênia do…
Leia mais
Da Redação

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condena Azerbaijão por violar o direito à vida de armênios

Fontes : Diario Armenia Em duas sentenças emitidas no último dia 4 de…
Leia mais
ArtsakhDa Redação

Azerbaijão lança ataque massivo à Armênia; Rússia media o cessar-fogo

Fontes : Asbarez Dados não oficiais indicam 15 soldados armênios…
Leia mais

Deixe um comentário