Esportes

Artsakh vence na estreia da Taça Europeia de Futebol- CONIFA

A seleção de Artsakh estreou com o pé direito na Taça Europeia de Futebol- CONIFA, os donos da casa venceram a forte seleção da Lapônia pelo placar de 3 a 2. Também conhecida como Sápmi, a Lapônia é uma região ao norte da Escandinávia (Suécia, Finlândia e Noruega) onde habitam os povos sámi.
Na partida inaugural do torneio, a seleção de Artsakh abriu o placar logo no início com um gol marcado por Karen Shakhkeloyan. A partir daí a Lapônia partiu para o ataque e empatou com Benjamin Zakrisson. Attsakh 1 x 1 Lapônia.

Os torcedores de Artsakh presentes no estádio de Stepanakert começaram então a cantar cada vez mais alto e a pressão surtiu efeito: Arsen Sagsyen colocou novamente os anfitriões na frente do placar e o primeiro tempo encerrou com Artsakh vencendo por 2 a 1.

O segundo tempo iniciou com Artsakh partindo pro ataque e ampliando o placar com um gol de Dimitry Malyaka, Artsakh 3 x 1 Lapônia. No final da partida, os visitantes ainda marcaram um gol, mas já era tarde demais. Artsakh 3 x 2 Lapônia.



Nas outras partidas do dia 1, a Abecásia (região autônoma ao norte da Geórgia) venceu por 3 a 1 a seleção da Chameria (região entre a Albânia e a Grécia) em partida realizada na cidade de Askeran. O Estádio de Martakert com mil torcedores recebeu a partida entre ente a Padania (povos do norte da Itália) e a Transilvânia e a Padania venceu por 4 a 0. Na Avakyan Arena a seleção da Armênia Ocidental (composta por armênios da diáspora) foi derrotada por 2 a 1 pela Ossétia do Sul (Região autônoma ao sul da Georgia).

A Copa Europeia ConIFA é um torneio de futebol organizado pela ConiFA, uma associação para as equipes que representam nações, dependências, estados não reconhecidos, minoritários, povos sem estado, regiões e micronações não filiados à FIFA. O torneio conta apenas com equipes europeias e é realizada a cada 2 anos. A Edição de 2019 é realizada em Artsakh, território habitado por armênios que foi anexado ao Azerbaijão por Stalin.

Sobre o autor

Artigos

Paulistano, pai do Victor. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, Doutor Palhaço aos finais de semana, torcedor fanático do Ararat Yerevan, fã do SOAD e por consequência da cultura Armênia.
Matérias Relacionadas
Cultura

'Cantos de um Livro Sagrado' vence festival É Tudo Verdade

O documentário Cantos de um Livro Sagrado, de Cassiana Der Haroutiounian e Cesar Gananian, venceu a…
Leia mais
Da Redação

Vahagn Khachatryan é eleito presidente da Armênia

Fontes : Asbarez, Jam News Em uma votação boicotada por dois partidos…
Leia mais
Artsakh

Contando cada armênio de Artsakh

Por Cristopher Patvakanian para o Mirror-Spectator Muito antes da guerra de Artsakh de 2020, Anna…
Leia mais

Deixe um comentário