Da RedaçãoTudo

Azerbaijão lança ofensiva covarde contra armênios em Nagorno-Karabakh

Forças armênias conseguiram deter o avanço mas com pesadas perdas.

41569

Em um pesado ataque militar o governo do Azerbaijão agrediu covardemente a linha de fronteira da República de Nagorno-Karabagh obrigando a evacuação da população civil armênia daquela região na noite da última sexta-feira (01). Na mais grave das milhares de agressões que desrespeitam o cessar-fogo que formalmente já dura 22 anos, esse foi sem dúvida o mais violento de todos.

O porta-voz do Ministério da Defesa armênio Artsrun Hovhannisyan afirmou que forças armênias na região derrubaram um helicóptero militar azeri (vídeo abaixo), fato negado pelo governo do Azerbaijão. O Exército de Karabagh lançou um contra-ataque. As forças armênias afirmam que existem muitas vítimas de ambos os lados.

Assista:

 

Os líderes armênios contabilizaram mortos civis entre eles uma criança.

Em sua campanha para desestabilizar a região, o governo do Azerbaijão afirma que a agressão partiu do lado armênio. A ditadura Aliyev que controla com mão de ferro o Azerbaijão, vem sofrendo sucessivas derrotas no campo diplomático nos últimos meses e lança mão da violência como forma de agredir os justos direitos dos armênios em suas terras em Nagorno-Karabagh.

O Presidente da Armênia , Serzh Sargsyan, convocou o Conselho Nacional de Segurança da República da Armênia para uma reunião de emergência de dentro do avião presidencial na sua viagem de volta dos EUA.

Em breve mais detalhes.

Matérias Relacionadas
Da Redação

Presidente armênio Armen Sarkissian renuncia por falta de influência

Fontes : Daily Sabah, ArmenPress, PanArmenian, President.am O presidente…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais
Da Redação

Armênia e Turquia nomeiam enviados em tentativa de normalizar relações

Fontes : Washington Post, Asbarez, ArmRadio Turquia e Armênia nomearam…
Leia mais

Deixe um comentário