Da RedaçãoGenocídio ArmênioTudo

CNA-Brasil: “prudência e união são fundamentais para que Brasil reconheça o genocídio armênio”

SenadoO Ministro das Relações Exteriores da Armênia Edward Nalbandyan informou em entrevista coletiva na semana passada que o Senado Brasileiro havia reconhecido o genocídio armênio.

O reconhecimento teria sido alcançado por meio de um requerimento aprovado no último dia 26 de maio e assinado pelos senadores Aloysio Nunes Ferreira Filho e José Serra.

Diversos sites de notícias da Armênia, do Brasil e de vários outros países noticiaram o fato, como se o Brasil realmente houvesse reconhecido o genocídio armênio. 

Inclusive um comunicado foi divulgado pela página da Embaixada da Armênia no Brasil no Facebook afirmando que o Brasil havia reconhecido o genocídio armênio (a postagem estava ativa até o momento da publicação desta matéria, clique aqui e confira). 

Entretanto, até o momento nenhum reconhecimento foi oficialmente documentado pelo Senado. O que se sabe é que foi apresentando o requerimento nº 550/2015 pelos senadores acima citados.

Em conversa por e-mail com Kevork Zadikian, Presidente do Conselho Nacional Armênio do Brasil (CNA-Brasil), ele declarou: “O CNA Brasil está preparado para lutar pelo reconhecimento do genocídio e aguarda com muita expectativa os documentos oficias do reconhecimento pelo senado brasileiro“.

Em contato telefônico com o Diretor de Relações Políticas e Internacionais do CNA-Brasil, James Onnig Tamdjian explicou que é uma nova fase na luta pelo reconhecimento do genocídio armênio (ouça o áudio no player abaixo).

 


O Azatutyun Ratiogayan trouxe nesta segunda-feira (01/06) uma matéria retificando o fato, afirmando que o Senado Brasileiro não reconheceu o genocídio armênio.

A matéria também traz uma entrevista esclarecedora com o Embaixador da Armênia no Brasil, Ashot Galoyan reconhecendo que o requerimento não foi votado pelo Senado e nada foi oficialmente assinado (veja a entrevista em armênio, no player abaixo).

Nós do Portal Estação Armênia, as entidades armênias do Brasil e toda a coletividade armênia local aguardam ansiosamente o reconhecimento do Genocídio Armênio por parte do Brasil.

PlayPlay
Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais

Deixe um comentário