Tudo

Fogo de Conselho do Grupo Escoteiro Sardarabad homenageou os mártires armênios

Na noite do dia 26 de abril, o Ginásio de Esportes 28 de maio da SAMA – Clube Armênio, recebeu um grande público para acompanhar uma das mais importantes cerimônias escoteiras.

O Grupo Escoteiro Sardarabad fez uma emotiva homenagem aos mártires do genocídio de 1915. O Chefe Saro Baronian deu início ao encontro adentrando ao ginásio totalmente escuro com a tocha entoando canções patrióticas armênias. Ao acender a fogueira dava-se início a uma noite de lembranças e reverências.

As tropas e grupos se revezavam em apresentações que incluíam crianças de 7 anos até jovens de 18 anos de idade. Foram rememoradas passagens tristes do genocídio desde as caravanas pelo Deserto de Der El Zor até a luta contra o negacionismo e preservação da identidade armênia. A parte musical-instrumental ficou por conta do Professor Felipe Mavichian, violão e regência, que acompanhado do músico Ará Kedikian, no duduk, e da escoteira Adrine Ganimian Tcharkhetian, no teclado, executaram músicas do cancioneiro armênio.

O Chefe Saro Baronian convidou o Professor James Onnig Tamdjian para explanar sobre a vida de Soghomon Tehlirian, herói armênio, responsável pela execução de Talat Pachá, um dos mandantes do genocídio.

O Grupo Sardarabad que já estava acampado na sede do Clube Armênio SAMA desde a noite anterior, encerrou o evento com uma oração em armênio que comoveu a todos os presentes. O evento foi integralmente organizado pela Chefia do Grupo que se esmerou para que a memória dos mártires fosse dignamente reverenciada. Os pais e familiares puderam acompanhar um cerimonia que reafirma o compromisso dos jovens do grupo com a armenidade e a luta pelo reconhecimento do genocídio.

Matérias Relacionadas
Da Redação

Presidente armênio Armen Sarkissian renuncia por falta de influência

Fontes : Daily Sabah, ArmenPress, PanArmenian, President.am O presidente…
Leia mais
Da RedaçãoTudo

Hrant Dink: Há 15 anos, jornalista armênio era assassinado na Turquia

No dia 19 de janeiro de 2007, em Istambul, na Turquia, o jornalista turco de origem armênia Hrant…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais

4 Comentários

Deixe um comentário