Home Da Redação A.S.A.L.A: “qualquer ameaça turca a comunidade armênia da Síria será levada em consideração”

A.S.A.L.A: “qualquer ameaça turca a comunidade armênia da Síria será levada em consideração”

0

O Exército Secreto armênio para a Libertação da Armênia (A.S.A.L.A) divulgou na última semana um relatório sobre a política seguida pela Turquia nos últimos anos. 

O relatório foi veiculado em alguns sites de notícias armênias e trata especialmente de alertar a Turquia sobre possíveis ataques à armênios na Síria.

No comunicado subentende-se que todos os passos da Turquia, em relação ao conflito na Síria, estão sendo acompanhados de perto pela organização, que tem sua grande força na região do oriente.  

Leia abaixo o comunicado atribuído à organização e divulgado pelos sites PanArmenian.Net e ArmTown:

“Qualquer aventureirismo militar ou qualquer violação direta ou indireta, da segurança e da coesão social da comunidade armênia da Síria por parte da Turquia serão atendidas por similares contramedidas.

A política de conspiração e de hostilidade do Estado turco contra os países vizinhos atingiu o seu pico e levou a Turquia em um isolamento total em toda a região.

A política agressiva contra a integridade do Iraque, a intervenção militar direta na crise sangrenta da Síria, a continuação por mais de 20 anos do bloqueio imposto à Armênia, a política de conspiração e de dupla face em relação ao Irã, as ameaças de não-paragem contra a integridade  territorial da Grécia e de Chipre e as medidas coercitivas a aumentar o povo curdo da Turquia têm transformado em um centro de perigo para a estabilidade da região.

Nós chamamos os intelectuais turcos e o povo progressista da Turquia para enfrentar as páginas negras da sua história nacional e condenar a política continuada de formação de quadrilha, ódio e genocídio contra os povos vizinhos, adotada pelo governo de seu país, que é acalentar sonhos de um renascimento do sanguinário regime Otomano. Esta política alcança apenas para sustentar e aumentar a inimizade e ódio entre a Turquia e os povos vizinhos.

Expressamos nossa solidariedade a todos os povos da região e nós declaramos que o povo árabe vai decidir o seu destino e moldar o seu futuro sozinho, sem as lágrimas de crocodilo e com cuidado em relação aos círculos hipócritas dos governantes turcos.”

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *