Primeiro Ministro armênio, Nikol Pashinyan, e família testam positivo para COVID-19

0
0

OCMedia

O Primeiro Ministro durante live no Facebook

O primeiro-ministro da Armênia, Nikol Pashinyan, anunciou na manhã de hoje, dia 1° de junho, que ele e sua família testaram positivo para COVID-19 ontem. Eles estão auto-isolados na residência do primeiro-ministro.

O primeiro-ministro disse que não estavam apresentando nenhum sintoma e que ele continuaria trabalhando a partir do auto-isolamento. Pashinyan disse que foi testado para o vírus porque estava planejando uma visita às ‘linhas de frente’.

Ele afirmou que acredita ter sido infectado durante uma conversa do governo para o trabalho de prevenção de coronavírus, durante o qual copos de água foram colocados sobre a mesa por um membro da equipe que não usava luvas e que, pouco depois, também testou positivo para o coronavírus.

O porta-voz do primeiro-ministro, Mane Gevorgyan, anunciou que membros do governo e funcionários do Gabinete do Primeiro-Ministro não serão submetidos a testes para o COVID-19.

“Se houver necessidade de realizar testes, isso será feito apenas com receita médica”, disse Gevorgyan. “Os membros do governo que estiveram em contato com o primeiro-ministro aderiram às normas de segurança – usavam máscaras, mantinham distanciamento social, usavam desinfetantes, etc.”

Até o momento a Armênia registra mais de 9.400 casos do novo coronavírus, com 139 mortes e 3.400 recuperados. Até o momento, 56mil testes foram realizados no país.

A Armênia enfrenta um aumento nos casos de infecção desde as medidas de afrouxamento de quarentena que acontecem desde 4 de maio. O governo Pashinyan reconheceu que eles não aplicaram medidas antivírus e houve violações generalizadas da quarentena.

Marcelo Mirzeian Co-criador do Portal Estação Armênia. Engenheiro Mecânico e de automação, Descobri a ascendência armênia tardiamente e tenho me dedicado à criar conteúdo online para a comunidade desde então. Atualmente morando em Toronto.

Deixe um comentário