Home Da Redação Presidentes da Armênia e França encontram-se em Varsóvia (Polônia)

Presidentes da Armênia e França encontram-se em Varsóvia (Polônia)

0

18308_b

Via TheArmenianWeekly 

Tradução: Maria Carolina Chaves Indjaian


Sargsyan expressa gratidão a Hollande pelo “consistente e importante papel e apoio em todas as questões que são vitais para a Armênia”.

Varsóvia, Polônia (A.W) – Presidente Armênio Serzh Sargsyan se encontrou com o Presidente Francês François Hollande em Varsóvia, no dia 9 de julho. Durante o encontro, Sargsyan expressou gratidão a Hollande “pelo consistente e importante papel e apoio em todos as questões que são vitais para a Armênia” e enfatizou que o povo da Armênia tem muito orgulho em ter uma relação especial com a França, de acordo com uma declaração de imprensa lançada pelo escritório do Presidente da Armênia.

No encontro, os dois falaram extensivamente sobre o conflito de Nagorno-Karabakh (Artsakh/NKR). Sargsyan observou a França como um papel importante como um dos co-membros da Organização pela Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) Grupo Minsk no processo de uma resolução pacífica no conflito e agradeceu a Hollande pelo seus esforços constantes e pessoaias. Ambos Sargsyan e Hollande também salientaram a importância de uma “implementação incondicional” das disposições asseguradas nas declarações adotadas em Viena e em São Petesburgo.

Durante o encontro, Sargsyan também expressou sua gratidão pela contribuição pessoal na adoção da resolução pela Assembléia Nacional Francesa, que criminaliza a negação do Genocídio Armênio.

Sargsyan está numa visita a trabalho à Polônia, para participar do encontro dos Chefes de Estado e Governo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) estados membros e não membros dedicados a “Missão de Apoio Resoluto no Afeganistão”. Sargsyan encontrou-se com o Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, em Varsóvia, no dia 8 de julho, para discutir uma resolução sobre o conflito de Artsakh.

 

Maria Carolina Chaves Indjaian Colaboradora. Carioca da gema que viveu em Curitiba desde criança e agora mora em Toronto. É advogada, formada em Direito pela Universidade Positivo e aficcionada por Direitos Humanos. O coração e o sangue sempre falam mais alto no que diz respeito à Armênia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *