Home Esportes San Lorenzo da Argentina recusa patrocínio do Azerbaijão

San Lorenzo da Argentina recusa patrocínio do Azerbaijão

0

Fonte: Prensa Armênia de Buenos Aires

Torcida do San Lorenzo abre bandeirão no estádio do tradicional clube argentino
Torcida do San Lorenzo abre bandeirão no estádio do tradicional clube argentino

Fontes muito próximas ao clube de futebol argentino San Lorenzo de Almagro, time do Papa Francisco, declararam à agência de notícias “Prensa Armênia”, que o clube rejeitou patrocínio do governo do Azerbaijão, país fortemente contestado por usar o esporte para cobrir as violações dos direitos humanos em seu território.

Segundo relatos, uma delegação azerbaijana fez os primeiros contatos durante as negociações pela transferência do meio-campista Angel Correa para o Atlético de Madrid dirigido pelo argentino Diego Simeone. O Atletico de Madrid tem o patrocínio do Azerbaijão em sua camisa. A fonte garante que uma das condições impostas para que o Azerbaijão patrocine a camisa do San Lorenzo foi que “não existam armênios” em futuras comissões diretivas e esportivas do clube.

Papa Francisco, torcedor mais ilustre do San Lorenzo, exibe camisa do time
Papa Francisco, torcedor mais ilustre do San Lorenzo, exibe camisa do time

A notícia levantou preocupações na comunidade armênia da Argentina, já que o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, afirmou recentemente que os inimigos de seu país “são armênios ao redor do mundo.” Cabe lembrar que o Azerbaijão mantém a décadas uma disputa com a Armênia pelo controle de Nagorno Karabakh e apesar do cessar-fogo assinado com os armênios em 1994 o Azerbaijão continua ameaçando retomar o conflito, além de violar o cessar-fogo diariamente, causando a morte de soldados armênios na fronteira.

O governo do Azerbaijão atualmente patrocina o Atlético de Madrid com um aporte de € 12.000.000 para uma temporada e meia.

A organização Repórteres Sem Fronteiras, já fez uma campanha de protesto contra os abusos do governo do Azerbaijão, afirmando que “era muito chocante que o Azerbaijão tem tais notoriedade graças às vitórias da equipe de Madrid, enquanto o país é um dos piores em termos de liberdade de imprensa. ”

Fala-se, nos corredores da Associação de Futebol Argentino (AFA), que a recusa do San Lorenzo em aceitar como patrocinador o governo do Azerbaijão fez com que os agentes azerbaijanos começassem a procurar outro time para parceria, cogitando o Independiente. Certamente será uma nova polemica já que o atual vice-presidente do clube é Noray Nakis, conhecido empresário de origem armênia e que foi um histórico dirigente do time Deportivo Armenio que disputa hoje a categoria B da primeira divisão e é presidido pelo filho de Noray, Luciano Nakis.

O San Lorenzo disputa as semifinais da taça Libertadores da América.

Organização "Repórteres Sem Fronteiras" denuncia a prática azeri de utilizar o esporte para promover o país e esconder o cerceamento à liberdade de expressão e prisão de jornalistas no país
Organização “Repórteres Sem Fronteiras” denuncia a prática azeri de utilizar o esporte para promover o país e esconder o cerceamento à liberdade de expressão e prisão de jornalistas no país

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *