Home Esportes Mkhitaryan cada vez mais próximo da Inglaterra

Mkhitaryan cada vez mais próximo da Inglaterra

0

Por Matheus Mekhitarian.

Aumentam os rumores sobre a transferência do meia ofensivo do Shaktar Donetsk, o armênio Henrikh Mkhitaryan

MkhitaryanO craque, que se destacou e tornou-se recordista no último nacional ucraniano ao marcar 25 gols, é alvo prioritário do treinador do Liverpool, Brendan Rodgers para a próxima temporada. 

Seu atual clube, o Shaktar Donetsk, assim como outros da região do Leste Europeu, é conhecido por ”segurar” os jogadores, fazendo estes seguirem a risca o fim de seus contratos. Embora Henrikh tenha contrato ate junho de 2015, a diretoria do time britânico está otimista para o avanço das negociações. A imprensa inglesa comunicou que o Liverpool enviou uma oferta de 22 milhões de libras, e esperam um retorno da atual equipe do camisa 22. Apenas uma coisa é certa: Mkhitaryan está com os dias contados na Ucrânia. 

O armênio tem um grande potencial, é um meia em extinção no futebol mundial. Seus números são impressionantes. Não me recordo de outro meia que tenha feito 25 gols em um campeonato nacional. É um número elevadíssimo até mesmo para um centroavante. 

O Liverpool é um time tradicional e com muita história, todavia vive péssima fase e não esboça nenhuma evolução. Hoje em dia, a equipe inglesa é apenas a quinta potência do futebol inglês e ainda está para perder um dos medalhões do seu elenco, o uruguaio Luiz Suárez pretendido pelo Real Madrid.  

Resumindo, o Liverpool atualmente é um time de médio porte na Inglaterra, porém nestas horas o ”dram” (dinheiro) faz a diferença. Entretanto, há pontos positivos para esta quase certa transferência; Henrikh disputaria um campeonato mais competitivo como a Liga Inglesa, mas em compensação deixaria de jogar o torneio mais importante do continente que é a Liga dos Campeões da Europa, tendo em vista que o time inglês não se classificou para a próxima edição da competição. 

Acredito que o Liverpool não é o melhor destino para o armênio, porém está praticamente certo. Agora nos resta torcer para o sucesso individual do nosso conterrâneo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *