Home Eventos Escola Armênia de SP realizou a 29ª edição da “Noite da Cultura Armênia”
0

Escola Armênia de SP realizou a 29ª edição da “Noite da Cultura Armênia”

0

Na noite de quinta feira (27) a escola Armênia de São Paulo, Externato José Bonifácio (E.J.B – Hay Azkayn Turian Varjaran), realizou a 29ª edição da “Noite da Cultura Armênia”, que acontece todos os anos no mês de outubro, no Centro Armênio. 

A já tradicional festa era aguardada com ansiedade pela comunidade local. Mario Nakashian, jovem da coletividade, foi o responsável pela apresentação das atrações. Os alunos da escola Armênia – desde os mais tenros aos que já estão em fase de vestibular – começaram cantando os hinos da Armênia, do Brasil e da escola. 

Em seguida começaram as apresentações de músicas dos alunos acompanhados de Jacó Ghazarian,  tocando seu tampug (tambor Armênio tocado com as mãos) como nunca! Além da apresentação das diversas danças Armênias e um teatro, tudo sob orientação e coordenação dos professores Artur Miskaryan, Claudia Mascofian, Kátia Aharonian e Karina Hripsime Kenchian. 

No decorrer da comemoração o padre Yeznig Guzelian homenageou as professoras Mari Chakmakian, Margarida Koyoundjian, Azniv Genef Beurgulian e Ossana Batatian (que não pode comparecer) por todos os serviços prestados por elas, pelo comprometimento com as atividades da escola Armênia e também pelos anos de dedicação prestados ao ensino de gerações e gerações de descendentes de armênios em São Paulo. 

O Arcipreste agradeceu também a todos que ajudaram na realização da “Noite da Cultura Armênia 2011”, bem como os presentes, à diretora da escola Tânia Regina Dias, e o voluntário e  Chefe do “Grupo Escoteiro Armênio Sardarabad” Can Saro Baron.

Esperamos no ano que vem, mais uma vez, outra bela festa da cultura Armênia, em outubro.

Com colaboração de Mario Nakashian e fotos e vídeos de Can Saro Baron.

 

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *