Home Genocídio Armênio O roqueiro armênio-americano Tankian pede por mudança na Armênia
2

O roqueiro armênio-americano Tankian pede por mudança na Armênia

2

Traduzido por Lika Rodrigues, via Site of a Down:

Serj Tankian, renomado músico armênio-americano pediu o incentivo do estado democrático de direito e o combate à corrupção na Armênia, dizendo que isso é vital para tratar de problemas fundamentais do país. Falando depois de seu mais recente concerto solo em Yerevan, o líder da banda californiana System of a Down também criticou um polêmico projeto de exploração de minas que sofre oposição feroz por parte de grupos locais de proteção ambiental.

Ele ao mesmo tempo enfatizou sua crença de que a Armênia se saiu muito bem desde que conquistou sua independência há duas décadas. “Acho que precisamos estabelecer o estado democrático de direito neste país”, Tankian disse numa discussão pública organizada pela Civilitas Foundation, um grupo de pensadores de Yerevan e pelo gabinete local Counterpart International, uma agência americana de desenvolvimento civil.

Penso que ter um estado de direito no país do início ao fim vai aliviar muitas preocupações, seja suas multas de trânsito ou taxas ou salários ou quantas horas alguém deveria trabalhar. Está tudo conectado a essa única coisa de instituir o estado democrático de direito. E as eficiências criadas pela redução da corrupção irá na verdade realmente estimular a produtividade neste país… e isso facilitará investimentos estrangeiros e locais.

Tankian arrancou aplausos entusiasmados da plateia quando destacou a necessidade de uma separação estrita entre negócios e política. Na Armênia negócios e política sentam na mesma cadeira. Então nenhum deles tem que sair de seu lugar. Sabe, eles não podem ficar sentados no mesmo espaço. O rockstar, que recentemente tem se apresentado principalmente como artista solo, dirigiu-se a mais de 200 pessoas no final de uma visita que durou quase uma semana no país de seus ancestrais.

O ponto alto de sua viagem foi um concerto ao ar livre no domingo (14/08) dedicado à inauguração em Yerevan de um centro educacional de tecnologia da informação criado por um empresário americano de orrigem armênia. Tankian encontrou-se com o Presidente Serge Sargisian num lotado Tumo Center for Creative Technologies antes do concerto visto por alguns 10 mil fãs. Ele recebeu uma medalha do Primeiro Ministro Tigran Sargisian em uma reunião separada na sexta-feita. Segundo uma declaração do governo armênio, Tigran Sargisian enalteceu a campanha vocal de Serj por um reconhecimento oficial do genocídio pelos EUA.

O premiê também apontou que as visitas de Tankian são importantes para promover o rock na Armênia. Tankian disse na segunda-feira que ele discutiu com Sargisian sobre os planos de uma companhia mineradora implantar o Teghut, um depósito imenso de cobre e molibidênio na região norte de Lori coberta por uma floresta de 357 hectares.

O projeto Teghut, se implementado, levará à destruição de 128.000 árvores. Os críticos dizem que isso desencadearia caos e destruição às áreas verdes da Armênia que já vêm se reduzido dramaticamente desde os anos de 1990. Tankian encheu de elogios os ambientalistas armênios em campanha contra o projeto.

Creio que eles estão fazendo um ótimo trabalho. Concordo totalmente e firmemente com a posição deles. Acho que minas subterrâneas são muito perigosas nesse país e em todos os lugares. Penso que estaríamos envenenando nossas vidas abrindo essa mina na floresta Teghut. O franco cantor respeitado por armênios do mundo todo continuou a defender a transformação da Armênia para um país muito “mais auto-suficiente” por causa de sua localização geográfica e relações desconfortáveis com vizinhos.

Ele pediu, entre outras coisas, mais subsídios governamentais para fazendeiros e uma proibição oficial de produtos agrícolas geneticamente modificados. Tankian, que fará 44 anos no próximo domingo, alertou entretanto que os armênios devem ser “pacientes” ao esperarem mudanças positivas em seu país.

Somos um país de 20 anos e em retrospecto, se você olhar a situação como um todo, acho que estamos indo muito bem, apesar de tudo sobre o que falamos. É um país lindo com pessoas lindas. Há muito potencial, há muita energia.

Tankian também estava “muito animado” pelo público empolgado e em grande parte jovem que apareceu para seu concerto transmitido ao vivo por um canal de TV armênio. Foi algo que nunca experimentei antes… Num nível chapante que nunca senti antes.

– © Copyright Site of a Down
Confira mais sobre System of a Down, Serj Tankian (solo) e Scars on Broadway em http://SiteofaDown.com

Comment(2)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *