Da Redação

Governo brasileiro doa cem mil dólares à fundo à criança na Armênia

Yerevan (1in.am) – 

Imagem: www.photolure.am/

Na semana passada o governo brasileiro, num ato de solidariedade, realizou uma doação de cem mil dólares para a UNICEF da Armênia. A doação é destinada a apoiar as atividades desenvolvidas pela entidade na Armênia, no âmbito da ajuda a longo prazo humanitária e de desenvolvimento para os grupos mais vulneráveis, como os jovens, mulheres grávidas e mães, em parceria com organizações cívicas.

Segundo comunicado da Embaixada em Yerevan,  “As autoridades brasileiras decidiram doar a quantia para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) da Armênia em um esforço para ajudar o governo local a melhorar a situação das crianças em todo o país”.

A cerimônia simbólica de doação aconteceu no escritório da UNICEF em Erevan, no dia 24 de agosto.

Em comunicado, o governo brasileiro explicou o motivo do auxílio prestado:  “A doação extraordinária destina-se a apoiar as atividades levadas a cabo pela UNICEF à longo prazo na Armênia, no âmbito de assistência humanitária e de desenvolvimento para os grupos mais vulneráveis, como crianças, adolescentes, mulheres grávidas e mães com sociedade civil. O Brasil acredita que o bem-estar das crianças em todo o mundo é essencial, se quisermos construir um futuro melhor, com igualdade de oportunidades para todos .”.

Sobre o autor

Artigos

Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.
Matérias Relacionadas
Da Redação

Presidente armênio Armen Sarkissian renuncia por falta de influência

Fontes : Daily Sabah, ArmenPress, PanArmenian, President.am O presidente…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais
Da Redação

Armênia e Turquia nomeiam enviados em tentativa de normalizar relações

Fontes : Washington Post, Asbarez, ArmRadio Turquia e Armênia nomearam…
Leia mais

Deixe um comentário