ConheçaEsportes

Mike Gulian, o primeiro armênio na NFL

A história do imigrante armênio que desbravou o futebol americano quando o esporte ainda buscava a profissionalização.

Mihran “Mike” Gulian nasceu no dia 29 de julho de 1900 na cidade de Marash, na Armênia ocidental, então parte do Império Otomano, sua família imigrou para os Estados Unidos quando Mike ainda era jovem, ele cresceu em Newton, Massachusetts.

Não se sabe ao certo o ano em que a família Gulian migrou para os EUA, mas é provável que eles tenham deixado a Armênia fugindo do Genocídio. As poucas informações sobre a vida escolar de Mike Gulian indicam que ele cursou o ensino médio  na Newton North High School, onde começou a jogar futebol americano.

Gulian jogou futebol americano universitário como Left Tackle (LT), posição da linha ofensiva ocupada pelos jogadores maiores e mais fortes na qual a principal função é bloquear a defesa nas jogadas aéreas ou abrir espaço na defesa para as jogadas corridas. Ele atuou no time de Brown Bears, equipe da Brown University, e foi capitão do time de 1922 sendo reconhecido como o grande responsável pela vitória de Brown por 3-0 sobre Harvard naquele ano. Nessa época ele ficou conhecido com “O Principe Armênio”.

Ainda em 1922 ele foi selecionado como Left Tackle do College Football All-America Team, uma votação que elege os melhores jogadores de cada posição no futebol americano universitário, com 97 votos de jornalistas e especialistas no esporte, ele foi eleito o melhor LT da temporada e o quinto jogador mais votado no geral daquele ano.

Gulian também jogou cinco temporadas na NFL pelo Buffalo All-Americans (1923), Frankford Yellow Jackets (1924) e Providence Steam Roller (1925-1927), ele é conhecido como o primeiro armênio (incluindo os armênios da diáspora) a jogar na Liga Nacional de Futebol e o primeiro e único jogador nascido na Armênia a jogar na liga. Nestes 5 anos de NFL, Gulian disputou 42 partidas.

Depois de se aposentar do futebol, Gulian trabalhou para a empresa de seguros Equitable Life Assurance Company em Boston, serviu no Exército dos Estados Unidos por 10 meses Durante a Segunda Guerra Mundial e depois na Cruz Vermelha americana na Índia por três anos. Gulian morreu no dia 10 de janeiro de 1970 em sua casa na cidade de Newton, Massachusetts.

Embora não tenha sido campeão na NFL, Mike Gulian tem o seu registro na história como um dos melhores jogadores da posição de LT nas décadas iniciais da NFL e abriu caminho para diversos armênios que chegaram posteriormente na liga como Ben Agajanian campeão da NFL em 1956 e Garo Yepramian bi-campeão do Superbowl em 1972 e 1973.

Sobre o autor

Artigos

Paulistano, pai do Victor. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, Doutor Palhaço aos finais de semana, torcedor fanático do Ararat Yerevan, fã do SOAD e por consequência da cultura Armênia.
Matérias Relacionadas
ArtsakhEsportesTudo

Por que o New England Patriots está falando da Armênia?

Fontes : Washington Post Por Cindy Boren As chuteiras de Cam Newton, quarterback do…
Leia mais
EsportesTudo

Ben Agajanian, a estrela da chuteira quadrada

A história do kicker armênio que, mesmo com parte do pé amputado, conquistou dois títulos da…
Leia mais
CulturaEsportesTudo

A história do Kicker armênio que conquistou o Super Bowl

Texto: Jonas Verás (Colaboração) Para quem não acompanha o esporte, a posição de Kicker…
Leia mais

Deixe um comentário