Da RedaçãoTudo

Deputado de origem armênia na Turquia, Garo Paylan é indicado ao Prêmio Nobel da Paz

O deputado armênio do Partido Democrático dos Povos (HDP na sigla em turco), Garo Paylan foi indicado para concorrer ao “Prêmio Nobel da Paz”, informou o portal Ermenihaber.am. O comunicado foi feito por Saida Ohanyan, presidente da Associação Internacional de Hamshanuhi (organização das mulheres armênias Hamshen*).

“Essa associação luta pela proteção dos direitos das mulheres, o reconhecimento e condena o Genocídio contra o povo armênio, conforme as normas do direito internacional”, informou o comunicado. Em abril de 2016, em pleno Parlamento da Turquia, Garo Paylan “ressucitou” os 13 deputados armênios do Império Otomano que foram assassinados em 1915.

Sobre o deputado Paylan, quem tem dedicado a sua vida a proteção dos direitos dos armênios e outros povos e minorias da Turquia e região, a Associação Hamshen declarou:

“Hoje, Paylan é uma das poucas pessoas que assumem a responsabilidade de proteger os direitos humanos das populações consideradas minorias religiosas ou étnicas. A tolerância entre os diferentes grupos étnicos e religiosos, tem suas sementes no entendimento mútuo na República da Turquía, e está mostrando resultados positivos na sociedade. Apesar de todas as pressões e ameaças reais que ele vem sofrendo, por parte das forças nacionalistas e extremistas, ligadas ao oficialismo, que procuram que o deputado desista das suas atividades políticas e humanitárias” .

A Associação faz um chamado a todas as instituições e organizações que promovem os direitos das mulheres e os direitos humanos em geral, que participem desta iniciativa apoiando e votando por Garo Paylan. O deputado de origem armênia e seus companheiros de HDP também sofreram agressões físicas de partidários do presidente Erdogan, do partido AKP (leia mais aqui).

Paylan também cumpriu suspensão no Parlamento por ter falado sobre o Genocídio Armênio, o que segundo a lei turca (artigo 301 do código penal) é crime de “ofensa à identidade turca”.

*Hamshen – Nome que designa diversos grupos armênios étnicos muçulmanos e cristãos que no passado ou no presente habitaram na região de Hemşin, no que é hoje a província de Rize, na Turquia. Referem-se a eles próprios como hamsheni ou homshentsi (homşetsi).

Sobre o autor

Artigos

Uruguaia de origem armênia vivendo no Brasil
Matérias Relacionadas
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais
Genocídio Armênio

Mississippi reconhece o Genocídio Armênio

Fontes : ArmRadio O Mississippi tornou-se o 50º estado dos EUA a…
Leia mais
Genocídio Armênio

Novo seriado da Disney cita Genocídio Armênio

O novo seriado da Disney+ Cavaleiro da Lua (Moon Knight) citou em uma cena de seu primeiro episódio…
Leia mais

Deixe um comentário