Genocídio ArmênioTudo

Uruguai pode reconhecer República de Nagorno-Karabakh

Via Asbarez:

Montevidéu: Em um anúncio sem precedentes nesta sexta-feira, o Ministro de Relações Exteriores do Uruguai, Luis Almagro, disse que seu governo iniciou o processo de reconhecer oficialmente o status de Nagorno-Karabakh.

“Hoje, estamos  investigando a questão [Nagorno-Karabakh] para apresentar uma posição governamental oficial sobre o problema”, disse Almagro. “Eu estou pessoalmente convencido que Nagorno-Karabakh é parte da Armênia histórica e deve ser independente e em curto-prazo, unificada à Armênia. Este é a única resolução possível para a questão em Artsakh.”

Almagro falou numa conferência na capital uruguaia organizado pelo Conselho Nacional Armênio da América do Sul e um grupo parlamentar Armênia-Uruguai, marcando o 20º aniversário da independência da Armênia e ressaltando as relações armênio-uruguaias.

O líder no parlamento da Federação Revolucionária Armênia, Vahan Hovannesian, recebeu com entusiasmo o anúncio de Almagro, chamando o fato de “inédito”:

“Pela primeira vez, um país progressista e democrático como o Uruguai expressa uma posição oficial, com reflexos nas forças políticas vigentes”, disse Hovannisian, ressaltando que este processo levará algum tempo.

 

Da redação: o Uruguai foi o primeiro país do mundo a reconhecer oficialmente o Genocídio Armênio, em 1965.

Matérias Relacionadas
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais
Genocídio Armênio

Mississippi reconhece o Genocídio Armênio

Fontes : ArmRadio O Mississippi tornou-se o 50º estado dos EUA a…
Leia mais
Cultura

'Cantos de um Livro Sagrado' vence festival É Tudo Verdade

O documentário Cantos de um Livro Sagrado, de Cassiana Der Haroutiounian e Cesar Gananian, venceu a…
Leia mais

Deixe um comentário