Metropolitan Museum of Art pede a proteção da herança cultural em Artsakh

0
0
Fontes :

O Metropolitan Museum of Art de Nova York emitiu um pedido nesta terça-feira, dia 17 de novembro, para preservação de patrimônios culturais na região de Nagorno-Karabakh (Artsakh) enquanto o Azerbaijão toma o controle de faixas de território sob um acordo de paz negociado pela Rússia para o enclave, segundo o The Art Newspaper.

“O recente derramamento de sangue e destruição na região de Nagorno-Karabakh é uma tragédia global de grande preocupação para todos nós”, disse o presidente e executivo-chefe do Met, Daniel Weiss, e o diretor, Max Hollein, em um comunicado. “Além do nosso apelo e esperança de que a violência acabe, como líderes de museu, pedimos que os locais de patrimônio cultural sejam protegidos.”

“O Metropolitan Museum of Art é dedicado a preservar e exibir a criatividade humana de mais de 5.000 anos em todo o mundo”, afirmam Weiss e Hollein. “Como organizadores e anfitriões da exposição Armênia! em 2018 – que foi a primeira grande exposição a explorar as notáveis ​​realizações artísticas e culturais do povo armênio em um contexto global ao longo de quatorze séculos – vimos com horror e tristeza a recente violência e derramamento de sangue na região de Nagorno-Karabakh.”

“Imploramos a todos os envolvidos que respeitem esses locais de herança cultural internacional, que enriquecem nosso mundo e têm sobrevivido por milhares de anos”, acrescentam. “A perda de locais de patrimônio cultural é permanente, e é um grave roubo das gerações futuras.”

Deixe um comentário