Home Olimpiadas Mais uma medalha da Greco Romana
0

Mais uma medalha da Greco Romana

0

Ontem (07/Agosto) conquistamos mais uma medalha de Bronze com a participação de Artur Aleksanyan na luta Greco Romana, encerrando a participação da Armênia nessa modalidade.

Mas antes de contar como foi a luta vamos explicar como funcionam as regras da Luta Greco Romana, especialidade Armênia.

Regras

A luta Greco Romana é uma variação da Luta Olímpica (ou Wrestling) que é um dos esportes mais antigos conhecidos, só perde para atletismo, e está presente nas Olimpíadas desde a primeira edição em 776AC. É considerado um esporte de combate com golpes de grande plasticidade, uso de muita força e técnicas velozes. Os Atletas são extremamente bem preparados fisicamente para aguentar um ritmo intenso de combate.

A luta se desenrola em uma melhor de três rounds de 2 minutos cada e o objetivo principal é dominar o adversário de costas no chão, o chamado “touch”. Além do encostamento são contadas outras pontuações, como: derrubar ( 3 a 5 pontos), tirar o adversário do círculo (1 ponto), pegar as costas do adversário (1 ponto), expor, sem chegar a encostar totalmente, as costas do adversário ao solo (2 pontos).

No estilo Greco romano, os atletas não podem utilizar as pernas para atacar nem para defender. As pegadas estão limitadas somente acima da linha da cintura; Se ao final de 1:30 min não houver pontos marcados, um dos lutadores por vez vai ao solo na posição chamada de “clinch”.

Explicadas as regras vamos contar como foi a participação da Armênia nesses dois dias

Categoria 120Kg

O representante Armênio era Yuri Patrikeev. Yuri começou nas eliminatórias contra o russo Khasan Baroev, perdeu o primeiro round e ganhou o segundo, no desempate, o armênio levou a final e avançou para as oitavas de final. Na fase seguinte enfrentou o iraniano Bashir Asgari Babajanzadeh Darzi e repetiu a fórmula nos dois primeiros rounds, perdeu um e ganhou outro. Mas dessa vez no terceiro round a sorte virou, o iraniano venceu aluta e Yuri encerrou sua participação em Londres esse ano.

.
Categoria 66Kg

Começando também na fase eliminatória Hovhannes Varderesyan perdeu logo na primeira luta, que foi contra o coreano Hyeonwoo Kim, mas pode participar da repescagem para tentar chegar na medalha de bronze. Na luta contra o cubano Pedro Mulens Herrera também não teve um bom desempenho Varderesyan e perdeu por 2 round a zero como na primeira luta.

Categoria 96Kg

A grande estrela do dia foi Artur Aleksanyan. Começando a competição jánas oitavas de final, enfrentou o italiano Daigoro Timoncini e venceu implacavelmente logo nos dois primeiros rounds. Na fase seguinte enfrentou o iraniano Ghasem Gholamreza Rezaei porém nessa luta o placar se inverteu e Artur perdeu para o atleta que viria a ser o vencedor da medalha de ouro da categoria.

Mas Artur não se abalou, na repescagem enfrentou um turco, Cenk Ildem, e não demostrou nervosismo em nenhum momento. O Armênio venceu a luta de forma épica, não dando chances para o turco, com um desempenho digno de ouro.

Mas se o ouro não era mais alcançável, Artur usou todas suas forças para garantir o bronze contra o cubano Yunior Estrada Falcon, usou muito bem no primeiro round a vantagem de ter o adversário na posição do “clinch” e escapou de sofrer pontos contra no segundo round, a vitória foi garantida quando o Armênio marcou pontos por ter jogado o adversário para fora da área da luta.

Mais uma medalha e a Armênia ficou na 43ª posição na tabela geral, empatada com o Azerbaijão e na frente da Turquia que tem apenas um bronze.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *