Delegação armênia chega ao Líbano para prestar assistência e visitar comunidade

0
0

Durante a viagem para prestar assistência humanitária ao Líbano e visitar a comunidade, membros da delegação armênia se reuniram com líderes religiosos das principais igrejas armênias do Líbano. As informações são do Escritório do Alto Comissário para Assuntos da Diáspora.

Encontro com Católicos Aram I

A missa do último domingo foi presidida por Sua Santidade Católicos Aram I na Catedral de São Gregório Iluminador, em Antelias, sede do Catolicossato da Grande Casa da Cilícia. Membros da delegação armênia no Líbano participaram da cerimônia, incluindo o Alto Comissário da Republica da Armênia para Assuntos da Diáspora Zareh Sinanyan, o Chefe do Gabinete do Vice-Primeiro Ministro Serge Varak Sisserian, o parlamentar e Chefe do Grupo de Amizade Armênia-Líbano Hrachya Hakobyan, o Diretor Executivo da Hayastan All-Armenian Fund Haykak Arshamyan e a Chefe de Gabinete do Alto Comissariado para Assuntos da Diáspora Sara Anjargolian.

Pouco depois, a delegação teve um encontro com o Católicos Aram I durante o qual Sua Santidade apresentou o estado da comunidade e deu uma visão geral do estado dos bairros povoados de armênios após a explosão, destacando que as casas armênias foram severamente danificadas e precisam de reconstrução imediata. Sua Santidade enfatizou a importância de priorizar as necessidades da comunidade, e avaliá-las adequadamente,  trabalho que está sendo realizado por um comitê que representa todas as instituições da comunidade.

O Alto Comissário Zareh Sinanyan observou que o objetivo desta visita não é apenas acompanhar a ajuda humanitária, mas também conhecer a situação na região, e ter contato direto com libaneses-armênios.

Sua Santidade Católicos Aram I enfatizou que a Diáspora deve ser fortalecida junto com a Armênia. A este respeito, Zareh Sinanyan destacou a arrecadação de fundos dedicada à diáspora libanesa-armênia organizada pelo Fundo Hayastan All Armenian.

No final do encontro, as duas partes reafirmaram que as portas da pátria estão sempre abertas para a Diáspora.

A Delegação Armênia reuniu-se com o Patriarca Católicos da Casa da Cilícia

Ainda no domingo, a delegação armênia no Líbano se encontrou com Sua Beatitude Gregório Pedro XX Ghabroyan Catholicos-Patriarca da Cilícia dos Armênios Católicos. O Embaixador da República da Armênia no Líbano Vahagn Atabekyan também esteva presente na reunião.

O Patriarca deu as boas-vindas à delegação e abordou a situação enfrentada pelos armênios-libaneses, incluindo as perdas humanas e materiais que a comunidade sofreu.

Zareh Sinanyan agradeceu ao Patriarca pelas boas-vindas e observou que a República da Armênia está fornecendo ajuda ao governo libanês, ao povo libanês e à comunidade libanesa-armênia. “O objetivo desta visita é desenvolver uma compreensão abrangente de como podemos apoiar nossos compatriotas libaneses-armênios”, afirmou o Alto Comissário.

Em suas observações, o Patriarca enfatizou que o povo armênio tem dois corações, a Armênia e a Diáspora, e expressou alegria pelo povo armênio finalmente ter uma pátria livre e independente. Ele também destacou a ajuda recebida do governo de Artsakh há duas semanas. “Nossos irmãos estão conosco, e este foi um gesto muito bonito.”

No final da reunião, Sinanyan observou que dois aviões adicionais com assistência humanitária estão programados para voar para Beirute, a comida e os remédios que eles carregam serão fornecidos à comunidade armênia.

Encontro com líderes da Igreja Evangélica Libanesa-Armênia

Os membros da delegação armênia também se reuniram com o presidente da União das Igrejas Evangélicas Armênias no Oriente Próximo, Rev. Megerdich Karageozian e o Reitor da Universidade Haigazian Paul Haidostian. O Embaixador Vahagn Atabekyan também esteve presente na reunião.

Dando as boas-vindas aos convidados, o Reverendo frisou que é uma grande honra receber a delegação armênia durante estes dias difíceis para o Líbano e vê-los ao seu lado. “Quando vi o avião com a inscrição ‘Armênia’ carregando a ajuda humanitária com o Monte Ararat ao fundo, fiquei sinceramente comovido”, afirmou o Rev. Karageozian ao apresentar a situação da comunidade e a crise econômica antes da explosão, que teve um impacto direto na comunidade armênia. O reverendo também observou que a explosão teve um sério impacto emocional e psicológico na comunidade libanesa-armênia.

Durante a reunião, Zareh Sinanyan discutiu os detalhes da assistência humanitária e as medidas que estão sendo tomadas pelo governo armênio em relação à repatriação. O Alto Comissário destacou a criação de um Centro de Integração de Repatriação até ao final do ano e a aprovação da Lei de Repatriação, que se encontra na fase final.

A delegação fez um tour pela Igreja Evangélica Armênia com sua famosa cruz de vitral, agora totalmente destruída. Os membros da delegação também visitaram a Universidade Haigazian e testemunharam os danos à instituição de ensino.

Segundo dia de visitas

No dia 10 de agosto, segunda-feira, Zareh Sinanyan junto com o Embaixador da República da Armênia no Líbano visitaram a Prelazia Armênia do Líbano e se encontraram com o Primaz da Diocese Armênia do Líbano, Arcebispo Shahé Panossian. Depois de expressar sua gratidão pelas boas-vindas, o Alto Comissário falou sobre a ajuda humanitária fornecida pela Armênia ao governo libanês e à comunidade armênia. Ele também observou que, além de prestar ajuda, um dos principais motivos da visita é conhecer as condições da comunidade libanesa-armênia após a explosão.

O Primaz da Diocese, depois de descrever as condições da comunidade, destacou que os libaneses-armênios têm visto muitas dificuldades e também as poderão superar.

Zareh Sinanyan destacou a arrecadação de fundos organizada pelo fundo Hayastan All Armenia especificamente para a comunidade libanesa-armênia. As partes discutiram possíveis áreas de assistência, em particular a reconstrução de instituições de ensino. Membros da delegação armênia estiveram presentes na reunião.

Mais tarde no mesmo dia, Sinanyan visitou o Centro Chaghzoyan em Beirute e se encontrou com representantes da Federação Revolucionária Armênia. O embaixador e membros da delegação armênia participaram da reunião.

O parlamentar libanês Hagop Pakradouni agradeceu ao governo armênio por responder rapidamente à explosão e apoiar a comunidade fisicamente e emocionalmente.

Sinanyan também visitou o escritório do braço libanês do Partido Social-democrata Hunchakian e se reuniu com o presidente Sebouh Kalpakian, que observou a importância de o governo da Armênia e o primeiro-ministro Pashinyan estarem em contato constante com a comunidade, especialmente dada a situação atual. Depois disso, o presidente discutiu as atividades do SDHP no Líbano e na Armênia.

O Alto Comissário restabeleceu a prontidão do governo armênio em apoiar a comunidade libanesa-armênia. Ele também afirmou que uma ou duas instituições comunitárias serão reconstruídas pelos esforços da Armênia. Além disso, Sinanyan apresentou as medidas tomadas pelo governo para repatriação, especificamente a Lei de Repatriação, e os trabalhos em curso para a criação de um centro de repatriação e integração.

Em seguida, os membros da delegação fizeram um tour pela igreja de St. Gevork e o centro médico adjacente, onde falaram com representantes da comunidade armênia que foram afetados pela explosão.

Mais tarde no mesmo dia, o Alto Comissário fez uma visita ao Centro Cultural Tekeyan no Líbano.

Ele também visitou o escritório da UGAB e se reuniu com membros da organização chefiada por Gerard Tufenkjian. O alto comissário foi apresentado às atividades da filial libanesa da organização e ao trabalho que está sendo realizado após a explosão. O escritório da UGAB avaliou as necessidades de 400 famílias libanesas-armênias, com base nas quais serão fornecidas assistências.

Zareh Sinanyan observou que o Escritório do Alto Comissário está trabalhando de forma eficaz com a UGAB e expressou disposição para fortalecer a cooperação. Outras questões que afetam a comunidade libanesa-armênia foram discutidas durante a reunião.

Deixe um comentário