Home Eurovision Eurovision 2018: Armênia apresenta as 20 músicas que concorrerão na seletiva nacional (OUÇA)
1

Eurovision 2018: Armênia apresenta as 20 músicas que concorrerão na seletiva nacional (OUÇA)

1

O Eurovision 2018 acontece só entre os dias 8 e 12 de maio, mas até lá, os países tem que decidir quem vão escolher para representá-los.

Não existe uma regra de como cada país deve escolher quem irá subir ao palco, mas em geral as opções são:
– Indicação da emissora (pura e simples, sem alarde).
– Seletiva interna (a emissora faz juri que escolhe entre alguns candidatos)
– Seletiva do público (o p[ublico escolhe diretamente quem é o melhor para cantar no palco)
– Aproveitar o vencedor de um grande campeonato de música local

E há ainda uma subdivisão relacionada a música, ela pode ser:
– Escolhida internamente posterior a escolha do cantor/banda
– Escolhida junto com a escolha do cantor/banda (nesse caso, cada candidato leva junto uma música original para a seletiva)

Um dos exemplos mais clássicos é o da Itália, que usa o vencedor do tradicionalíssimo Festival de Sanremo como representante no Eurovison. Por sinal, foi justamente esse festival que inspirou a criação do Eurovision.

A Armênia, desde que começou a participar em 2006, já experimentou de tudo. Fez seletiva interna, como foi o caso do Dorians em 2013, indicou sem perguntar pra ninguém como aconteceu com o Aram MP3 (2014) e Iveta Mukuchyan (2016) e até fez uma comitiva pra selecionar cantores do mundo todo no Genealogy em 2015.
Desde o ano passado a AMPTV (emissora representante da Armênia no Eurovision) parece estar começando a padronizar a seletiva (embora o formato já tenha mudado de novo esse ano).
Foi criado o Depi Evratesil (rumo ao Eurovision), uma espécie de “The Voice” que, no final de 2016, escolheu entre vários candidatos que faziam covers de músicas famosas e eram aconselhados por seus mentores (antigos representantes do Eurovision). Assim foi escolhida Artsvik. A música que representaria o país em 2017 foi escolhida internamente e revelada a público apenas em 2017, junto com o anúncio oficial de outros países.

Para 2018, o Depi Evratesil segue firme e forte, mas com mudanças expressivas em sua formulação. Pra começar, a seletiva acontece em fevereiro de 2018, ao invés de um ano antes do Eurovison. Dessa vez cada representante levará a própria música original, ou seja, quando for anunciada a campeã já teremos uma idéia bem clara do que será cantado no palco de Lisboa (em geral, acontecem algumas modificações antes do anúncio oficial).

A AMPTV já havia anunciado os 20 artistas que competirão no Depi Evratesil em Dezembro/2017 e acaba de divulgar as músicas de cada um no Youtube (veja abaixo). A seletiva deste ano será feita em 3 etapas: shows ao vivo, semi-finais e finais. O resultado será dividido entre um juri da AMPTV e o público que vota de casa (ainda não foi explicada a forma de votação).

Entre os competidores, temos músicas que se destacam positivamente, como as de Tamar Kaprelian e Maria’s Secret, e algumas que se destacam por ser “exóticas”, como o caso da Kamil Show, que apresentou uma música em espanhol sobre Porto Rico (?!). Ainda tivemos uma agradável surpresa com a participação da Gata Band com Andranik Manukyan e uma música nos moldes das típicas armênias, Shoga.

Ouça todas as músicas abaixo:

 

Comment(1)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *