Home Da Redação Na rememoração do Holocausto, comunidade judaica de SP reverencia Mártires do Genocídio Armênio

Na rememoração do Holocausto, comunidade judaica de SP reverencia Mártires do Genocídio Armênio

0

Armen Kevork , dirigente da ACASP – Tashnagtsutiun ascende uma das velas da cerimônia.

A Federação Israelita do Estado de São Paulo, A Hebraica e o Conselho Juvenil Sionista rememoraram no último dia 24 de abril o Yom Hashoá, o dia do Holocausto e Heroísmo, quando se honra a memória dos seis milhões de judeus assassinados pelos nazistas durante a Segunda Guerra. Neste dia, em Israel, as sirenes de alarme soam e guardam-se dois minutos de silêncio, sob o lema de “lembrar e recordar – jamais esquecer”.

O Teatro Anne Frank do Clube Hebraica estava lotado com a presença marcante da juventude. O evento teve o acendimento de seis velas por dirigentes comunitários, representantes da Marcha da Vida Universitária, rabinos e educadores, representantes dos movimentos juvenis e sobreviventes do Holocausto.

Além das lideranças da comunidade judaica, este ano, para marcar os 102 anos do Genocídio Armênio, Armen Kevork Pamboukdijan, dirigente da ACASP – Tashnagtsutiun, representando a comunidade armênia, foi um dos convidados para acender uma das velas.

Além dos discursos dos dirigentes e representantes do governo de Israel, o ponto alto foi o discurso de Miriam Nekrycz, viúva de Ben Abraham um dos maiores ativistas da comunidade judaica, bastião da luta pela condenação de nazistas e do nazismo.

A emoção e o compromisso com os direitos humanos marcaram esse ato.

Veja no vídeo abaixo:

Veja mais algumas fotos, abaixo:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *