Home Da Redação Orange County designa o dia 24 de abril como Dia de Recordação do Genocídio Armênio em todo o condado

Orange County designa o dia 24 de abril como Dia de Recordação do Genocídio Armênio em todo o condado

0
Michelle Steel, A vice-presidente do Conselho de Supervisores do Condado de Orange (Orange County)
Michelle Steel, A vice-presidente do Conselho de Supervisores do Condado de Orange (Orange County)

 

(Via Asbarez – COSTA MESA, California)
Tradução: Maria Carolina Chaves Indjaian.


A vice-presidente do Conselho de Supervisores do Condado de Orange (Orange County), no Estado da Califória, Michelle Steel propôs uma resolução que foi apoiada por unanimidade pelos seus colegas do Conselho de Supervisores para designar oficialmente o dia 24 de abril como ‘Dia de Recordação do Genocídio Armênio.

O evento recorrente será dedicado em celebração àqueles que morreram durante o Genocídio Armênio, entre 1915 e 1923.

“Orange County precisa continuar a liderar o caminho para garantir que esta tragédia histórica jamais seja esquecida e que as vítimas do Genocídio continuem a ser honradas”, disse a vice-presidente Steel.

Este ano será o 101º aniversário do Genocídio Armênio, que tirou as vidas de um milhão e meio de armênios. Não só armênios foram massacrados em sua terra histórica, mas suas terras e propriedades foram apreendidas.

“Mais de cem anos se passaram desde o início do Genocídio Armênio e não há ninguém para ser julgado e condenado. Mas ainda há uma oportunidade de reportar corretamente a história. Como um condado, nós denunciamos esses crimes horrendos contra a humanidade e celebramos a vida dos homens, mulheres e crianças armênios perdidas.” disse a vice-presidente Steel.

A comunidade armênia-americana de Orange County se uniu com representantes da organização da comunidade, igrejas e escolas, preenchendo os supervisores da Câmara.

Garo Madenlian, representando o Comitê Nacional Armênio da América de Orange County foi à reunião, expressando o seu apoio e estendendo sua gratidão ao Conselho de Supervisores.

Também estavam presentes o pastor da Igreja Armênia Quarenta Mártires, Reverendo Karakin Bedourian, o pastor da Igreja Armênia de Santa Maria, Reverendo Mushegh Tashjian, a Juíza do Tribunal Superior de Orange County, Gasia Apkarian e o vereador Marty Simonoff.

O mais inspirador foi a presença dos estudantes da escola Ari Guiragos-Minassian, que foram acompanhados de seu diretor, Kohar Zaher, e demonstraram que uma nova geração de armênios está preparada para pastorear o manto da Causa Armênia.

Este será o primeiro ano que o Condado de Orange irá reconhecer oficialmente o Genocídio Armênio. Em virtude das resoluções recorrentes que foram votadas por unanimidade, 24 de abril será comemorado como o dia de Recordação do Genocídio Armênio, deste dia em diante.

Confira as fotos do evento abaixo:

Maria Carolina Chaves Indjaian Colaboradora. Carioca da gema que viveu em Curitiba desde criança e agora mora em Toronto. É advogada, formada em Direito pela Universidade Positivo e aficcionada por Direitos Humanos. O coração e o sangue sempre falam mais alto no que diz respeito à Armênia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *