Home Da Redação Presidente do Paquistão: “Não reconhecemos a Armênia como estado”

Presidente do Paquistão: “Não reconhecemos a Armênia como estado”

O Presidente da República Islâmica do Paquistão Mamnoon Hussain disse que seu país não considera a Armênia um estado em recente visita ao Azerbaijão. “Nós sempre apoiamos o Azerbaijão na sua luta contra a Armênia e contra Nagorno-Karabagh. O nosso parlamento reconheceu o que aconteceu em Khojaly como genocídio” disse a autoridade máxima paquistanesa. Ele também observou a importância de visitas recíprocas de duas comitivas empresariais , dizendo que “isso vai contribuir ainda mais para o desenvolvimento de nossos laços”.

O porta-voz do parlamento azerbaijano Ogtay Asadov descreve o Azerbaijão e o Paquistão como países irmãos. “Nós prezamos de excelentes relações. Estas visitas vão elevar as nossas relações bilaterais a um novo nível qualitativo. O povo do Azerbaijão e do Paquistão compartilham valores comuns e a religião.

Asadov disse: “O Paquistão é um dos primeiros países que reconheceram a independência do Azerbaijão e isso têm mantido e ajudado as relações diplomáticas há 24 anos. Ele saudou as posições do Paquistão nas organizações internacionais, em particular relacionados com o conflito armênio-azerbaijano na questão de Nagorno-Karabakh. O governo paquistanês oficialmente não construiu nenhum relação com o governo armênio, já que esse país está ocupando terras do Azerbaijão. Para nós do Azerbaijão este é um sinal de uma atitude amigável e fraterno“, acrescentou Asadov.

Deixe um comentário