Home Da Redação Armênia exige que peritos internacionais examinem corpo de homem morto pelo Azerbaijão

Armênia exige que peritos internacionais examinem corpo de homem morto pelo Azerbaijão

0

Via Armenpress

A Comissão Estatal para Prisioneiros de Guerra, Reféns e Pessoas Desaparecidas da República da Armênia emitiu um comunicado sobre a morte do morador da vila de Chinari na região de Tavush, Karen Petrosyan, no Azerbaijão. A agências de notícias Armenpress divulgou o comunicado na íntegra:

No dia 8 de agosto, a delegação armênia do Comitê Internacional da Cruz Vermelha confirmou oficialmente a informação dada pelas autoridades azeris sobre a morte de um cidadão armênio, Karen Petrosyan, que era mantido sob custódia no Azerbaijão desde o dia 7.

Nesse dia, o morador de Chinari na região de Tavush da República da Armênia, Karen Petrosyan, sob condições ainda não esclarecidas, cruzou a fronteira e foi preso por azeris. Apesar das inúmeras explicações das autoridades do Azerbaijão, o Ministo da Defesa da Armênia anunciou que Karen Petrosyan não é um membro das Forças Armadas da República da Armênia.

De acordo com a família de Karen Petrosyan e com seus registros médicos, ele não tinha problemas de saúde, especialmente doenças cardiovasculares, e sempre gozou de plena saúde.

O lado azeri, não satisfeito com a clara atitude desumana para com os cidadãos armênios capturados, submeteu Karen Petrosyan a humilhações, torturas e sofrimentos, até que finalmente ele veio a falecer. As evidências estão em vídeos e fotos divulgadas pela mídia do Azerbaijão.

Tendo isso em conta, a repentina morte de Karen Petrosyan sob circunstâncias desconhecidas gera suspeitas sobre as atitudes crueis e desumanas para com a sua pessoa, o que indica uma grave violação dos direitos humanos e das liberdades fundamentais expressas na Declaração Universal de Direitos Humanos. Assim, a Comissão Estatal para Prisoneiros de Guerra, Reféns e Pessoas Desaparecidas da República da Armênia exige oficialmente um exame forense do corpo por peritos internacionais independentes, para determinar as causa da morte.

Veja abaixo as imagens da captura de Petrosyan divulgados pela imprensa azeri. O vídeo está em idioma armênio:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *