Home Da Redação “Orphans of the Genocide” e homenagem a Feldman reafirmam compromisso do CNA Brasil com a Causa Armênia

“Orphans of the Genocide” e homenagem a Feldman reafirmam compromisso do CNA Brasil com a Causa Armênia

0

Na noite de sexta-feira, 11 de abril, o salão Tchilian da SAMA- Clube Armênio recebeu mais de 120 convidados para o segundo importante evento do CNA Brasil (clique aqui e leia sobre o primeiro evento, realizado em março).

Na ocasião foi homenageado o Deputado Walter Feldman que em 2013 atuou de forma brilhante na defesa dos interesses de Nagorno Karabagh(Artsakh) quando evitou que uma moção que alinhava o Brasil com o Azerbaijão fosse adotada pelo parlamento brasileiro.

MVI_9472.MOV.Still007
Deputado Feldman

Em suas palavras Feldman ressaltou – “o meu mandato é absolutamente transparente e exerci esse papel na Comissão de Relações Exteriores por convicção e na defesa da tradição conciliadora brasileira”.

Após receber sua homenagem o Deputado Walter Feldman dirigiu suas palavras para comunidade armênia do Brasil frisando que se no passado não foi possível avançar na luta pela causa por determinadas situações, hoje ele e outros defensores íntegros da democracia estão prontos para dar continuidade a essa meta tão importante que é o reconhecimento do genocídio armênio pelo governo brasileiro.

Ele recebeu das mãos do diretor do CNA-Brasil, Kevork Zadikian uma pequena placa de cristal com uma mensagem de agradecimento pela sua atuação.

O Presidente do CNA- Brasil, James Onnig Tamdjian, fez breve uso da palavras e lançou as bases do trabalho do CNA- Brasil para o futuro, Onnig disse: “99 é 100. Para nós do CNA-Brasil a nossa luta já entra no centenário e que todos estejam prontos para continuar essa jornada em busca da justiça e dos Direitos Humanos.”

MVI_9591.MOV.Still001
à partir da esquerda: Bared Maronian, prof. Yervant Tamdjian e prof. James Onnig

Na sequencia foi exibido o documentário “Orphans of the Genocide” que retrata a vida das crianças que perderam os pais no genocídio iniciado em 1915 e que das mais diversas formas e com as mais variadas ajudas conseguiram se transformar em testemunhas do horrendo crime que se abateu sobre a nação Armênia.

Ao final a platéia totalmente emocionada aplaudiu de pé o diretor da obra, Bared Maronian, convidado especial do CNA-Brasil, vindo dos EUA, que muito emocionado agradeceu a ovação.

Nas suas palavras, traduzidas pelo professor Yervant Tamdjian, Bared deixou claro a imperiosa necessidade de se manter a luta pelo reconhecimento do genocídio e endereçou a todos os jovens do mundo um apelo para que estejam de prontidão para que novos crimes contra a humanidade, genocídios como o dos armênios e o holocausto judeu nunca mais aconteçam.

A grande presença de público foi o ponto alto do evento.

O Portal Estação Armênia fez uma breve entrevista com seu colunista e atual Presidente do CNA-Brasil, James Onnig Tamdjian.

 

Amigo Onnig, antes de mais nada parabéns pelo evento. O que achou dessa noite?

Onnig: Poder oferecer aos compatriotas uma oportunidade como a de hoje é uma alegria sem tamanho. Estar junto com pessoas que nos trazem palavras de incentivo só fortalece nossa convicção de que democratizar a informação e trabalhar dentro de um planejamento, pode sim render excelente resultados.

O que o CNA- Brasil planeja para os próximos meses?
Onnig: Aprofundar nosso trabalho político junto as lideranças brasileiras e colocar a comunidade armênia do Brasil par e passo ao que ocorre no mundo.

Por final, uma palavra para os patrícios leitores do Portal Estação Armênia.
Onnig: Na verdade é uma convocação! A defesa da causa e da própria Armênia depende de cada um de nós. Venham, participem das entidades, transforme-se em um defensor da cultura e das reivindicações armênias. Militância muda realidades quando unida e caminhando no mesmo sentido. 

Abaixo, veja as fotos do evento:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *