Home Da Redação Editorial Obama trai sua promessa aos armenios por mais um ano

Obama trai sua promessa aos armenios por mais um ano

0

Mais uma vez o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, evitou usar a palavra Genocídio durante pronunciamento oficial de 24 de Abril. 43 dos 50 estados dos EUA já reconhecem Genocídio Armênio.

Leia abaixo a declaração completa emitida por Obama:

“Hoje nós rememoramos o Meds Yeghern (grande crime) e honramos aqueles que pereceram em uma das maiores atrocidades do século XX. Noventa e oito anos atrás, 1,5 milhões de armênios foram massacrados ou marcharam para a morte nos últimos dias do Império Otomano. Paramos para refletir nas vidas extinguidas e lembrar dos indescritíveis sofrimentos que ocorreram. Fazendo isso estamos unidos por milhões ao redor do mundo e nos Estados Unidos, onde é solenemente rememorada pelos nossos estados, instituições, comunidades e famílias. Também nos lembramos do nosso compromisso para garantir que tais capítulos obscuros da história não se repitam.

Tenho constantemente afirmado o meu próprio ponto de vista do que ocorreu em 1915, e minha opinião não mudou. Um reconhecimento pleno, franco e justo dos fatos é interesse de todos. As nações se fortalecem com o reconhecimento dos elementos dolorosos do passado, construindo assim uma base para um futuro mais justo e tolerante. Apreciamos esta lição nos Estados Unidos, como nós nos esforçamos para conciliar alguns dos momentos mais sombrios da nossa própria história. Reconhecemos os armênios e turcos corajosos que já tomaram este caminho, e incentivamos mais pessoas a fazê-lo, com o apoio de seus governos, e do meu.

A história e o legado do povo armênio são marcados por um espírito indomável, e uma grande resiliência em face da enorme adversidade e sofrimento. Os Estados Unidos é mais forte pelas contribuições que armêno-americanos fizeram para a nossa sociedade, nossa cultura e nossas comunidades. Em medida menor, devolvemos essa contribuição, apoiando o povo armênio enquanto eles trabalham para a construção de uma nação que faria seus antepassados orgulhosos: uma que valoriza a democracia e o respeito pela liberdade e dignidade humana.

Hoje nós estamos com os armênios em todos os lugares recordando o horror do Meds Yeghern, honrando a memória daqueles perdidos, e afirmando o nosso compromisso duradouro com o povo da Armênia.”

Nota da redação: No início de sua campanha eleitoral em 2008 Obama prometeu que, caso fosse eleito, reconheceria o Genocídio Armênio. Esse é o primeiro ano do seu segundo mandato e parece que não teremos mudanças em sua política que favorece o lobby turco. Os atos que Obama julga “indescritíveis” em seu pronunciamento podem ser sim descritos, em uma única palavra, Genocídio.

Veja abaixo o vídeo feito pelo vocalista da banda System of a Down, Serj Tankian, em 2009:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *