Home Da Redação Escolhido novo patriarca armênio de Jerusalém

Escolhido novo patriarca armênio de Jerusalém

0

Via Armenews.com, com informações do Centre d’information du diocèse de l’Eglise arménienne en France –

Arcebispo Nourhan Manoukian (agora Nourhan I), novo patriarca armênio de Jerusalém
Arcebispo Nourhan Manoukian (agora Nourhan I), novo patriarca armênio de Jerusalém

No dia 24 de janeiro de 2013, os membros da fraternidade do Monastério de São Tiago de Jerusalém reunidos em um capítulo geral [Nota da redação: assembleia de religiosos] elegeram o Arcebispo Nourhan Manoukian como sucessor de Torkom I, patriarca de Jerusalém até o dia de sua morte, 12 de outubro de 2012.

O senhor Nourhan (Boghos é o seu nome de batismo) nasceu em 22 de julho de 1948 em Alepo, Síria. Em 1961, ele ingressou no seminário do Catolicossato da Cilícia em Antilias (Líbano) e em 1966 se tornou aluno do seminário de Jerusalém.

O Arcebispo Datev Karibian, prelado titular da Diocese da Igreja Apostólica Armênia no Brasil foi o segundo colocado da eleição para o Patriarcado Armênio de Jerusalém onde ele obteve 3 votos a menos que o Arcebispo Nourhan Manoogian (o eleito), sendo que Karibian não se candidatou, o nome foi citado pelos eleitores.

Boghos foi ordenado diácono em 27 de julho de 1968 e hieromonge em 15 de junho de 1971 pelo patriarca Elisée (Derderian). Foi então que ele adotou o nome de Nourhan.

Em 1971 e 1972, Nourham ocupou a função de vice-reitor do pequeno seminário de Jerusalém.

1972- 1973 : Responsável pelas paróquias armênias da Suíça.

1974-1980 : Responsável pelas paróquias de Haïfa e Jaffa.

1975 : Promovido à Arquimandrita e se tornou reitor do seminário de Jerusalém..

1980 : À convite do arcebispo Torkom Manoukian, então prelado da diocese da costa lest edos EUA, ele se mudou para Nova York a fim de prosseguir com seus estudos na Academia de Teologia da Igreja Episcopal.

1994 : Responsável pela igreja de São Jorge na cidade de Houston (Texas).

1998 : noemado Grande Eclesiástico (Sacristão) do Patriarcado Armênio de Jerusalém. Se torna o nº 2 no Patriarcado.

1999 : Ordenação especial feita por S.S. Karekin II, Catholicós de todos os armênios.

2009, Patriarca Torkom I o nomeia vigário patriarcal, função que ocuparia até a morte de seu antecessor, no outono de 2012.

Como 97º patriarca armênio de Jerusalém, o Sr. Manoukian assumirá o nome de Nourhan I

Conforme os costumes, essa eleição deve ser validada pelas autoridades civis da Terra Santa, isto é, o governo israelense e o rei da Jordânia. A Igreja Armênia compartilha a guarda dos locais santos com a Igreja Ortodoxa Grega e a Igreja Católica Apostólica Romana, as três mais importantes, mas também coopera com as Igrejas Siríaca e Copta. O patriarca armênio de Jerusalém é um dos cinco “Custodes” (protetores) dos lugares santos.

O número de armênios que vivem hoje em Jerusalém gira em torno de 2 mil. Segundo algumas estimativas, eles eram 16 mil em 1948, quando da criação do Estado de Israel.

Presentes na Terra Santa desde o século V, a comunidade vive principalmente em um dos quatro bairros da Cidade Velha de Jerusalém, denominado de “Quartier arménien” (ou Bairro Armênio).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *