Home Da Redação Tribunal mexicano abre caminho para a retirada da estátua de ditador azeri Haydar Aliyev

Tribunal mexicano abre caminho para a retirada da estátua de ditador azeri Haydar Aliyev

Statue of late Azerbaijan dictator at Mexico City park angers activitistsO Tribunal Federal do México rejeitou uma queixa apresentada pela Embaixada do Azerbaijão para evitar a remoção da estátua do ditador azeri Haydar Aliyev de um parque no centro da cidade. A decisão do tribunal abre o caminho para a remoção da estátua.

A estátua foi erguida durante o verão, depois que o governo azeri ofereceu ilegalmente US$ 10 milhões para manutenção do parque em troca da construção da estátua.

A estátua gigante gerou protestos de ativistas mexicanos dos Direitos Humanos que não aceitaram a decisão da cidade abrigar uma estátua de um notório ditador junto a figuras como Abraham Lincoln e Mahatma Gandhi.

No final de novembro, uma comissão de três pessoas nomeadas para investigar a construção da estátua na cidade recomendou que ela fosse removida por ser altamente ofensiva enquanto imagem e claramente fruto de uma cadeia de corrupção que envolveu a Embaixada do Azerbaijão e altos funcionários públicos.  O governo do Azerbaijão ameaçou o governo mexicano de retaliação econômica e indicou que se a estátua fosse retirada poderia romper relações com  o México. 

Deixe um comentário