Da RedaçãoTudo

Após 14 anos, dois oficiais da inteligência turca são presos por caso Hrant Dink

A poucos dias do 14º aniversário do assassinato do jornalista, ativista popular e revolucionário Hrant Dink, um tribunal turco ordenou nesta quarta, dia 6 de janeiro, a prisão de dois ex-funcionários públicos.

Os dois são ex-oficiais de inteligência da polícia militar de Trabzon, Veysal Shahin e Volkan Shahin, e foram levados sob custódia por não informarem sobre o plano de assassinato de Hrant Dink que, segundo as investigações, já tinham conhecimento.

O jornalista de origem armênia, que na época dirigia o semanário bilíngue turco-armênio “Agós”, foi morto a tiros em 19 de janeiro de 2007 em frente à redação do jornal, no coração do bairro de Shishlí, em Istambul.

Hrant Dink, 52, foi um ativista popular que lutou pela democratização da Turquia, plena observância dos direitos humanos, pela paz e amizade entre os povos. Seu assassinato foi um duro golpe para o movimento revolucionário e o povo da Turquia, razão pela qual centenas de milhares de pessoas se despediram nas ruas e o acompanharam ao cemitério armênio da cidade.

REUTERS/Osman Orsal  – RTX17L5K

Cada vez que mencionava o Genocídio Armênio ou exigia seu reconhecimento, era processado por “denegrir a Turquia” ou “insultar a identidade turca”. Ele recebia inúmeras ameaças de morte até a fatídica manhã em que Ogun Samast, um jovem nacionalista desempregado e menor de idade, o assassinou para espanto dos transeuntes. Em 2011, Samast foi condenado a 23 anos de prisão.

Quatorze anos depois, 76 suspeitos permanecem em julgamento em conexão com o assassinato, incluindo funcionários de segurança do governo. Desses, 4 estão presos e 13 continuam foragidos da justiça.

Matérias Relacionadas
Artsakh

“Parque de Troféus Militares” no Azerbaijão escancara política anti-humana do país

Na última segunda-feira, dia 12 de abril, o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, inaugurou em…
Leia mais
Da RedaçãoGenocídio ArmênioTudo

Assassinos de Hrant Dink são condenados na Turquia

diarioarmenia.org.ar Um tribunal na Turquia condenou nove pessoas na quarta-feira, 17 de…
Leia mais
Da RedaçãoTudo

Erdogan pede retirada de imunidade parlamentar de Garo Paylan

(Com informações de Asbarez, Hurriet Daily Newspaper) Paylan, em sessão no Parlamento em que…
Leia mais

Deixe um comentário