EventosTudo

USP oferece curso de língua armênia clássica

A Área de Língua e Literatura Armênia da Universidade de São Paulo (USP) em uma iniciativa inédita oferece um curso de língua armênia clássica (grabar/krapar).

12974490_974421959307876_799713477436966683_nNo século V, após a criação de seu alfabeto próprio, a língua armênia passou então a ser escrita. Esta forma literária é considerada o idioma clássico, modo no qual os primeiros textos foram vertidos em armênio, em especial a bíblia. Por esta razão, apesar de não ser mais corrente, se mantém como língua litúrgica da Igreja Armênia.

Sob coordenação da Profa. Dra. Lusine Yeghiazaryan, o curso será ministrado pelo Prof. Sarkis Ampar Sarkissian e tem por objetivo oferecer conhecimentos gramaticais da língua armênia clássica que possibilitem a leitura instrumentalizada de textos originais.

O curso é modular e neste primeiro módulo não há exigência sobre o conhecimento prévio do idioma, já que programa parte da alfabetização e congrega até o sistema de flexões.

As aulas serão realizadas entre 02 de maio e 27 de junho, às segundas e quintas-feiras, das 16:30 às 19:00.

Gratuito e aberto a todos interessados, o curso abrirá inscrições on-line na próxima segunda-feira (18) através do site: http://sce.fflch.usp.br/node/2208, onde também poderão ser encontradas maiores informações.

Serviço
FFLCH – Rua do Lago, 717 – Prédio da Diretoria e Administração – Cidade Universitária CEP: 05508-080 – São Paulo – SP – Brasil+55 (11) 3091-4612 160

letrasorientais.fflch.usp.br/armenio

Matérias Relacionadas
Da Redação

Presidente armênio Armen Sarkissian renuncia por falta de influência

Fontes : Daily Sabah, ArmenPress, PanArmenian, President.am O presidente…
Leia mais
Da Redação

Declaração do Comitê da FRA sobre a normalização das relações entre a Armênia e a Turquia e a resolução do conflito de Artsakh

Fontes : CNA Argentina A Federação Revolucionária Armênia tem…
Leia mais
Da Redação

Armênia e Turquia nomeiam enviados em tentativa de normalizar relações

Fontes : Washington Post, Asbarez, ArmRadio Turquia e Armênia nomearam…
Leia mais

Deixe um comentário