Da RedaçãoTudo

Aliyev: “Um dia os azeris viverão em Yerevan e em outras partes da Armênia”

jajalievBAKU – Na última terça-feira, o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, elogiou o assassino Ramil Safarov tratando-o como um herói nacional, e prometeu “recuperar” territórios do Azerbaijão, dizendo que um dia todo azeri poderá viver em Yerevan, Zangezur e outras áreas que fazem parte da Armênia.

Em discurso delirante, Aliyev que assistia a abertura do museu de um suposto genocídio cometido pelos armênios contra os azeris, disse: “A bandeira do estado Azerbaijão balançará em Shushi, Stepanakert e Yerevan, nossas terras históricas e Zangezur.

Delirante como sempre, o presidente azeri continua a envenenar as mentes do seu povo, antes das eleições presidenciais.

VEJA ABAIXO O VÍDEO DO DISCURSO RACISTA DE ALIYEV: 

Em outra nota, Aliyev culpou o que chamou de “fascismo armênio” pela reação da comunidade internacional pelo fato de Safarov ter sido coroado como um herói, e as acusações de várias organizações internacionais contra violações de todos os tipos de direitos no Azerbaijão.

O mandatário azeri passou a insistir que todos os fatores, inclusive econômicos e militares, indicam que em questão de tempo o Azerbaijão “irá recuperar seus territórios” e reivindicar suas terras “históricas”, que inclui, de acordo com ele, a capital da Armênia, Yerevan.

“Haverá um momento em que vamos viver nestas terras. Estou convencido disso”, Aliyev disse, chamando o povo do Azerbaijão para trabalhar para esse dia esteja mais próximo.

 

Tradução: Yuri Kebian Omonte

 

Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Esportes

Seleção Armênia estreia com vitória na Liga das Nações B

Armênia luta por uma vaga na primeira divisão europeia. No último sábado, 04 de junho, a…
Leia mais

Deixe um comentário