Da RedaçãoTudo

Obra “A banalidade da Indiferença: o sionismo e o genocídio armênio” é lançada em língua armênia em Yerevan.

Fontes Combinadas –

banalidae israelO livro “A banalidade da indiferença” do escritor israelenses Yair Auron foi lançado hoje em Yerevan. A obra trata de assuntos e comparações entre o genocídio armênio e o holocausto judeu. O autor é um crítico feroz dos sucessivos governos israelenses que protelam ou tergiversam sobre a tragédia ocorrida em 1915.

Editado em hebraico em 2001 e posteriormente em inglês e agora em armênio, o livro é um esforço intelectual apurado não negar a singularidade das duas tragédias. Auron é muito cuidadoso quando distingue o genocídio armênio e seus desdobramentos políticos e as questões de identidade armênia. Como um trabalho inovador da história comparada, o intelectual brinda seu leitor com uma abordagem do tema dentro do universo sionista de Israel.

O Presidente da União de Escritores Armênios Levon Ananyan afirmou hoje durante a entrevista coletiva de lançamento que é um livro fundamental pela ousadia e originalidade na abordagem do assunto.

Yair Auron é chefe do Departamento de Sociologia e Política da Universidade Aberta de Israel e faz parte do Conselho acadêmico do Zoryan Institute de Cambridge.

 

Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Eventos

Novo documentário de Gary Gananian sobre Artsakh será exibido em São Paulo

Gary Gananian, um dos diretores de Rapsódia Armênia, acaba de lançar um novo documentário…
Leia mais

Deixe um comentário