Da RedaçãoGenocídio Armênio

Assassino do jornalista Hrant Dink é condenado a 22 anos de prisão

Asbarez; Panarmenian; e outros – 

O tribunal de Istambul condenoumorte de hrant dink o principal suspeito do assassinato em 2007 do jornalista turco-armênio Hrant Dink a quase 23 anos de prisão na segunda-feira, a agência de notícias Anatólia informou.

O tribunal condenou Ogün Samast à prisão perpétua, mas reduziu a pena para 21 anos e meio já que ele ainda era menor de idade na época do assassinato em 2007. Samast também recebeu uma pena de prisão de mais 16 meses pela posse de uma arma sem licença.

Samast tinha 17 anos e era desempregado quando atirou no jornalista que havia enfurecido nacionalistas com seus artigos sobre armênios na Turquia e a da defesa do reconhecimento do Genocídio Armênio.

Dink era o editor do jornal bilíngue turco-armênio Agos. Ele foi baleado em plena luz do dia assim que deixou seu escritório no distrito de Istambul Şişli. O assassino, Samast, foi capturado cerca de um dia após o assassinato. Outros suspeitos, incluindo Yasin Hayale e Erhan Tuncel, foram capturados no dia seguinte sob acusação de ajudar Samast no assassinato de Dink.

Saiba mais sobre o caso: http://54.157.185.59/2011/05/1400/

Sobre o autor

Artigos

Co-criador do Portal Estação Armênia. Engenheiro Mecânico e de automação, Descobri a ascendência armênia tardiamente e tenho me dedicado à criar conteúdo online para a comunidade desde então. Atualmente morando em Toronto.
Matérias Relacionadas
Artsakh

Armênia retirará suas tropas de Artsakh em Setembro

Fontes : Asbarez, Armenpress O chefe de segurança nacional da…
Leia mais
Artsakh

Comunidades armênias em Berdzor serão cedidas ao Azerbaijão

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian A cidade de Berdzor…
Leia mais
Esportes

Seleção Armênia estreia com vitória na Liga das Nações B

Armênia luta por uma vaga na primeira divisão europeia. No último sábado, 04 de junho, a…
Leia mais

Deixe um comentário