Da RedaçãoTudo

Diretor do Arquivo Nacional da Armênia ressalta a importância de trabalhar em conjunto

Via Panorama.am, com a colaboração de Alexandre Linares. – 

Amatuni Virabyan, diretor do Arquivo Nacional Armênio

Amatuni Virabyan, diretor do Arquivo Nacional Armênio

Nos últimos anos, três historiadores turcos visitaram o Arquivo Nacional da Armênia para estudar documentos sobre o genocídio armênio, de acordo com o diretor nacional de arquivos, 

Amatuni Virabyan.

Os arquivos armênios estão abertos para qualquer um“, disse o diretor, acrescentando que cerca de 10 historiadores estrangeiros visitam os arquivos todos os anos. De acordo com Virabyan, o Arquivo Nacional da Armênia estão prontos para cooperar com arquivos de outros países para obter documentos sobre o genocídio armênio. 

Entretanto, ele ressaltou que os arquivos da Geórgia, Ucrânia e Bulgária não estão tão dispostos a ajudar nessa questão. Virabyan também acrescentou que nenhum trabalho vem sendo feito nos arquivos iranianos e que há uma lacuna em especialistas na língua persa que poderiam trabalhar com importantes manuscritos para compor a história do genocídio.

Matérias Relacionadas
Esportes

Alashkert vence e avança para a próxima fase da UEFA Champions League

Equipe armênia eliminou o Connah’s Quay Nomads do País de Gales na prorrogação. O…
Leia mais
Da Redação

Nikol Pashinyan vence eleições antecipadas na Armênia

Fontes : PanArmenian, Tert.am, Hetq O partido Contrato Civil, do…
Leia mais
Da Redação

Eleições de junho e as mulheres na política da Armênia

Fontes : Armenian Weekly Por Lillian Avedian Os preparativos estão em…
Leia mais

Deixe um comentário