Home Da Redação Turquia desmonta monumento de reconciliação com a Armênia

Turquia desmonta monumento de reconciliação com a Armênia

Terra e fontes combinadas.

Um monumento localizado na cidade de Kars (região históricamente Armênia, hoje sob domínio da Turquia) foi erigido com o intuito de ser o símbolo de reconciliação entre Armênia e Turquia. A estátua, batizada de “monumento da humanidade”, mostra uma figura humana que parece estar dividida ao meio e foi fundada em 2006 pelo escultor turco Mehmet Aksoy, mas nunca concluída.

Estrutura do monumento começou a ser desmontada mesmo após uma camada de artistas turcos terem feito campanha para tentar evitar derrubada.

Na semana passada, a demolição foi criticada formalmente pelo famoso pintor turco Bedri Baykam, em uma reunião em Istambul. Após participar da reunião Baykam e seus amigos Levent Kirchner, Aziz e muitos outros artistas planejavam caminhar até a Estátua da Humanidade. Mas na saída da reunião Baykam levou uma facada de um homem com guarda-chuvas vermelho que se perdeu no meio da multidão. O pintor turco foi levado para um hospital de táxi e encontra-se hospitalizado.

O primeiro Ministro da Turquia Recep Tayyip Erdogan classificou a escultura como uma “monstruosidade”, além de dizer que a obra de arte “ofusca” um santuário islâmico da região. A estátua tem 30 metros de altura com vista sobre a cidade de Kars, um dos vilaietes armênios usurpadas e que agora faz parte da região noroeste da Turquia, perto da fronteira com a Armênia.

Armen Kevork Pamboukdjian Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.

Deixe um comentário