Home Da Redação Aeroporto de Artsakh (Nagorno-Karabagh) começa a operar em breve
0

Aeroporto de Artsakh (Nagorno-Karabagh) começa a operar em breve

0

Ameaça azerbaijana de derrubar aviões preocupa autoridades.

Segundo o Departamento de Aviação Civil da Armênia o Aeroporto de Stepanakert, capital da República de Nagorno-Karabagh começa a operar em breve. As obras de modernização estão dentro de todos os padrões internacionais e colocam o aeroporto entre os mais modernos do mundo.

O governo de Nagorno-Karabagh através do porta-voz da Presidência da República deixou claro que qualquer ameaça ou tentativa de impedir o funcionamento do aeroporto por parte do Azerbaijão vai implicar em graves consequências.

O porta-voz David Babayan disse: “Se o Azerbaijão tentar de qualquer forma, impedir o funcionamento do Aeroporto de Stepanakert ou abater nossos aviões civis, isso significará guerra”. Mostrando o total compromisso de integridade territorial de Karabagh o porta-voz Babayan continuou: “Para a comunidade internacional, esta abordagem fascista do assunto por parte do governo do Azerbaijão, ameaçando aviões civis é inaceitável.

O aeroporto funcionará de acordo com os direitos e normas internacionais já que as pessoas têm o direito de viajar livremente “

Construído em 1974, durante a Era Soviética, o aeroporto atendia voos regulares especialmente de Yerevan e Baku.

Desde 1992, em função do conflito e do bloqueio azerbaijano o aeroporto ficou fechado. Em 2008 o arrojado projeto arquitetônico, onde o prédio principal foi concebido na forma de uma águia, e as pistas antigas foram ampliadas, recapeadas e adequadas para receber qualquer tipo de aeronave moderna.

Apesar das alegações azerbaijanas de que voos para Stepanakert seriam uma invasão de seu suposto espaço aéreo, já se formou uma companhia aérea em Stepanakert com dois aviões para fazer a ponte aérea com Yerevan.

Autoridades armênias e karabaghtsis esperam que tudo se normalize em breve para o funcionamento pleno do Aeroporto de Stepanakert.

Fotos: Pan Armenian Net

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *