Home Olimpiadas Saldo Final – O desempenho Armênio nas Olimpíadas

Saldo Final – O desempenho Armênio nas Olimpíadas

0

Chegamos ao fim de mais uma edição dos Jogos Olímpicos com uma medalha de prata e duas medalhas de bronze, mas mais do que os medalhistas tivemos também muita garra e vontade de vencer.
Fomos melhores que em Pequim em 2008?

Se considerarmos o critério da tabela de medalhas por países sim fomos melhores. Mas essa tabela é uma invenção da mídia, os Jogos Olímpicos são uma celebração aos atletas e não aos países. E segundo esse conceito tivemos menos atletas entre os três melhores que na edição passada.

Mas ainda que com menor número de medalhas, conseguimos uma nova variedade de pódios. Dos seis bronzes de Pequim, três foram de levantamento de peso, duas de luta Greco-Romana e uma de Boxe. Esse ano uma medalha inédita no Levantamento de Peso Feminino e outras duas em categorias inéditas da Greco Romana.

Esperávamos mais do Levantamento de Peso Masculino, que em muitos casos ficou abaixo da metade da tabela.

Taekwondo
O nosso único representante Arman Yeremyan foi bem na categoria até 80Kg. Ganhou do canadense Sebastien Michaud nas eliminatórias e passou pelo holandês Tommy Mollet nas oitavas. Mas nas quartas de final, por apenas 2 pontos a 1, perdeu para o argentino Sebastian Eduardo Crismanich que fugiu nos últimos segundos da luta, mas não foi punido pelo juiz. O argentino acabou ganhando a medalha de ouro e o Armênio perdeu na disputa do bronze para o britânico Lutalo Muhammad.

Luta Livre Freestyle.

Categoria 55Kg
O Armênio Mihran Jaburyan venceu Brandon Jesus Escobar Amador de Honduras nas oitavas de final no round de desempate, mas também no desempate perdeu para o japonês Shinichi Yumoto, que ganhou bronze na competição.

Categoria 66Kg
Devid Safaryan começou nas oitavas já vencendo o egípcio Abdou Omar Abdou Ahmed por encostar o ombro do adversário no chão. E mais uma vez perdemos na quartas de final para o medalhista de bronze da disputa, dessa vez para Akzhurek Tanatarov do Cazaquistão.

Categoria 84Kg
Na fase eliminatória Gadzhimurad Nurmagomedov derrotou o atleta do Tadjiquistão Yusup Abdusalomov. Mas nas oitavas quem levou a melhor foi o iraniano Ehsan Naser Lashgari que também terminou com a medalha de bronze.

No fim das contas ninguém levou a bolada de 1,7 milhões pelo ouro. Mas fica o nosso toque para o governo pegar esse dinheiro e investir no esporte, porque a medalha por si só já é uma grande conquista para o atleta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *