Home Da Redação Vitória política de Karabakh – Legislativo de Massachusetts adota resolução pelo reconhecimento de Artsakh

Vitória política de Karabakh – Legislativo de Massachusetts adota resolução pelo reconhecimento de Artsakh

0

FONTES COMBINADAS – The American Weekly, Asbarez, Diario Armenia

A Câmara dos Representantes do Estado de Massachusetts aprovou ontem uma resolução apresentada pelo deputado estadual Jonathan Hecht pedindo “o Presidente dos EUA e ao Congresso norte-americano para apoiar a autodeterminação e independência de Nagorno-Karabakh”.

O representante oficial da República de Nagorno Karabagh, Robert Avetisyan, saudou a adoção da resolução. “Estamos confiantes de que o desenvolvimento democrático de Artsakh não vai passar despercebido da comunidade internacional… O apoio a Artsakh cresce em todo o mundo”.

O representante do ANCA (Armenian National Committe of America) para costa Leste dos EUA, George Aghjayan, em pronunciamento oficial disse: “Gostaria de agradecer ao poder legislativo do Estado de Massachusetts pelo reconhecimento do caráter democrático das recentes eleições presidenciais em Nagorno Karabakh. Por muito tempo, a situação do povo de Nagorno Karabakh, sob a violenta agressão do Azerbaijão, tem sido ignorada pela comunidade internacional.

Aghjayan observou ainda que “o poder legislativo de Massachusetts entende uma realidade simples que o Departamento de Estado e o governo central dos EUA ainda tem que entender, ou seja, que a atual política do nosso governo federal para Nagorno Karabakh, se estivesse em vigor em 1776, teria, em nome de integridade territorial, pressionar as treze colônias norte-americanas que deram origem aos EUA para continuar a fazer parte do Império Britânico “.

A mesma resolução condena os assassinatos de armênios em Sumgait, Kirovabad e Baku e os atos de repressão violenta do Azerbaijão contra as manifestações pacíficas para a auto-determinação em Nagorno-Karabakh no fim dos anos de 1980 e principio da década de 1990. O documento ressalta que hoje, também a “segurança de Nagorno-Karabakh continua a ser ameaçada por atos hostis do Azerbaijão”.

A resolução também felicita “Nagorno-Karabakh nos esforços em curso para desenvolver a democracia” e saúda o 19 de julho de 2012 como uma data importante já que as eleições presidenciais naquele dia simbolizaram “um passo importante” na consolidação republicana.

Poucos meses atrás, em 17 de maio, o Legislativo de Rhode Island tinha passado uma resolução que exortava o Congresso dos EUA a reconhecer a independência do Nagorno Karabagh.

Em outubro de 2011 a Chancelaria Uruguaia através de seu ministro Luis Almagro afirmou também que os destinos de Karabagh estão selados aos destinos da Armênia e portanto Nagorno Karabagh deve ser reconhecido como estado livre, independente e democrático.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *