Home Da Redação Famosos denunciam agressões do Azerbaijão aos armênios de Karabakh nas redes sociais

Famosos denunciam agressões do Azerbaijão aos armênios de Karabakh nas redes sociais

0

Na tarde de ontem (03) o vocalista do System of a Down, Serj Tankian comentou sobre os covardes ataques que o Azerbaijão vem efetuando contra os armênios de Artsakh (Nagorno Karabakh) em seu perfil oficial no Facebook.

Há pouco, na tarde desta segunda-feira (04/04), Khloe e Kourtney, irmãs de Kim Kardashian também se manifestaram em seus perfis nas redes sociais. As irmãs pediram que seus seguidores rezassem pela Armênia e pela paz mundial.

Entenda o caso:

Na última sexta-feira (01), em um pesado ataque militar, o governo do Azerbaijão agrediu covardemente a linha de fronteira da República de Nagorno-Karabagh obrigando a evacuação da população civil armênia daquela região, no que vem a ser a mais grave das milhares de agressões que desrespeitam o cessar-fogo que formalmente já dura 22 anos.

Veja abaixo a manifestação dos artistas.

12472459_10153683848726859_6545866943851706793_nKhloe

e

Kourtney

Kardashian


 

 

SITEOFADOWNH43Serj Tankian:

Parece que houve 3 evoluções essa semana no empenho da resolução de Nagorno-Karabakh que tem levado ao que parece ser um grande distribuidor de toda a guerra de Nagorno-Karabakh e Azerbaijão.

“A Assembleia Legislativa do Estado do Havaí reconhece a independência de Nagorno-Karabakh.”
MassisPost.com

1) Isso pode ter levado o Azerbaijão a acreditar que o tempo está contra eles no eventual reconhecimento da República de Karabakh.

Kerry não consegue segurar Baku, responsável por ataques em Karabakh.Asbarez.com

2) Um encontro com o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o vice-presidente, Joe Biden, com o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev (um governante corrupto que herdou o regime rico em petróleo de seu pai), horas antes do reinício da violência, pode ter dado a Ilham Aliyev, presidente do Azerbaijão, a sensação de que os Estados Unidos iria perdoar sua agressão total para atacar Karabakh.

3) Uma reunião na Suíça entre os presidentes da Armênia e do Azerbaijão no último fim de semana.

Embora ambos os lados reivindicam um ao outro como agressor, para mim é óbvio que os azeris tinha a arma de surpresa do seu lado, e entraram com armamento completo imediatamente, afirmam ter tomado terra.

Interesse exagerado em petróleo não deveria causar guerra, certo? Errado!

 

Com informações de Site of a Down e mídias diversas.

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *