Home Cultura Conheça A história da Expedição armênia de Khanassor

A história da Expedição armênia de Khanassor

0
0

25 de julho de 1897

120° Aniversário da Incursão de Khanassor.

Há 120 anos, em 25 de julho de 1897, aconteceu a Incursão ou Expedição de Khanassor, um ataque perpetrado por um grupo de “Fedayis” (soldados voluntários armênios) contra os “Mazrig”, uma tribo de origem curda.

A ação foi decidida e organizada pela Federação Revolucionária Armênia (Tashnagtsutiun), e veio em forma de retaliação aos curdos pelas diversas emboscadas que realizaram vitimando vários defensores da histórica cidade armênia de Van, usurpada pela Turquia.

Histórico 

Em 1896, a tribo curda “Mazrig”, a mando do sultão sanguinário AbduI Hamid, perpetrou muitos ataques contra as forças armênias de autodefesa na cidade de Van. Passado algum tempo e visto que tais incursões não cessavam, o Iíder do comando militar de autodefesa armênia, Nigol Tuman propôs organizar uma expedição militar contra tribo Mazrig, na região de Khanassor, onde a referida  tribo se instalara e ameaçava diretamente a sobrevivência da população armênia de Van e adjacências.

A sugestão foi acatada e assim, nas primeiras horas da manhã do dia 25 de julho de 1897, sob o comando de Nigol Tuman, Vardan e Ich’khan Artunian, por volta de 250 voluntários armênios (fedayís), lançaram um ataque fulminante contra a tribo Mazrig. Os voluntários armênios conseguiram eliminar a maioria dos guerreiros armados, poupando, porém, as mulheres e crianças.

Os registros contam que o líder da tribo Mazrig, Charaf Pek, abandonou e fugiu do local usando vestimentas de mulher. A expedição terminou no dia 27 de julho daquele ano.

Consequências 

A Expedição de Khanassor teve um desfecho vitorioso para os armênios. Ela inspirou autoconfiança aos voluntários armênios da defesa do povo, que por longo tempo eram alvos diretos dos ataques, perseguições impiedosas e matanças, executadas sistematicamente pelos exércitos regulares do “Sultão Vermelho” (AbduI Hamid) e grupos vândalos curdos. 

Durante essa expedição, poucos mais de duas dezenas de fedayis armênios foram mortos, entre os quais Garo, irmão de um dos três idealistas e fundadores do Ho.H¡.Ta. (Tashnagtsutiun), Stepan Zorian, mais conhecido como Rosdom.

Em homenagem aos que tombaram nesta heróica e salvadora expedição, o povo armênio, em especial os membros e simpatizantes da FRA Tashnagtsutiun,  comemoram esta data todos os anos em diversas partes do mundo, uma vez que somos mais de 10 milhões de armênios espalhados pelos quatro cantos do planeta.

Abaixo, assista ao vídeo com a música cantada por Sahag Sahagyan, em homenagem à expedição.

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do site Estação Armênia. Nascido na capital paulista, é formado em Jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela escola da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *